Prefeitura Municipal implanta laboratório de inovação tecnológica para alunos da rede municipal em Araras, SP

FabLab vai funcionar em imóvel próximo à Secretaria da Educação, na Avenida Senador César Lacerda de Vergueiro; prédio terá equipamentos como impressora 3D para fabricação de peças usadas em projetos de robótica.

A Prefeitura Municipal de Araras (SP) está implantando um projeto pioneiro na cidade, que vai oferecer tecnologia de ponta a alunos da rede municipal de ensino e agregar novos conhecimentos à grade regular do ensino fundamental, como a elaboração de projetos na área de robótica e a fabricação de peças utilizando equipamentos como impressora 3D.

As atividades vão acontecer no FabLab, um laboratório de inovação tecnológica que está sendo implantado próximo à Secretaria Municipal de Educação, na Avenida Senador César Lacerda de Vergueiro, no Centro.

clique na imagem e saiba mais

“Temos o compromisso de oferecer sempre o melhor aos nossos alunos. Com o FabLab, vamos colocar nossas crianças em contato com inovações tecnológicas iguais às oferecidas em escolas particulares. Investir em educação é garantir um futuro melhor”, analisou o prefeito Junior Franco, que visitou o prédio onde o FabLab será instalado nesta segunda-feira (8), acompanhado pelo vice Carleto Denardi e pelo secretário de Educação Bruno Roza.

O projeto começou a ser elaborado em 2019 pela equipe da Secretaria de Educação e conta com investimentos do Governo Federal, por meio da Qese (Quota Estadual de Salário Educação).

“Esses recursos já estão na conta da Secretaria de Educação e são destinados justamente a investimentos em educação básica e formação de professores. Estamos trazendo, com o FabLab, o que há de mais moderno na área de inovação tecnológica aos nossos alunos para que eles possam aprender conceitos diferenciados, que abrem um novo universo de possibilidades para a formação dessas crianças e adolescentes”, explicou Roza.

Ele conta que a equipe técnico-pedagógica da Secretaria visitou ano passado a feira Bett Brasil Educar, a maior em inovação tecnológica da América Latina, e teve contato com projetos voltados à área de educação. “A partir daí, começamos a planejar nosso próprio espaço para atender alunos da rede municipal”, completa.

O prédio onde o FabLad vai funcionar foi alugado pela administração municipal após processo de chamamento público. Pelo contrato firmado, o proprietário do imóvel é responsável pela reforma para adequação do local às exigências feitas pela Prefeitura. O aluguel será pago apenas quando essas obras forem concluídas, o que está previsto para este mês.

A Secretaria de Educação atua em frentes simultâneas para dar início efetivamente às atividades do FabLab e, embora ainda não haja uma data definida para o retorno das aulas por conta da pandemia do novo coronavírus, o objetivo é estar com o local pronto para funcionar já a partir de agosto.

“Estamos abrindo processo para a seleção de professores, mediante a apresentação de projetos na área de tecnologia, para atuar no FabLab, e também registro de preço dos equipamentos que serão utilizados nas atividades”,  completa Roza.

Além de impressoras 3D, o local vai contar com máquinas para prototipagem, corte em vinil, routers, entre outros aparelhos necessários para a fabricação de peças utilizadas nos projetos desenvolvidos por alunos e professores. O foco do FabLab é principalmente estudantes do ciclo 2 do ensino fundamental, que compreende do 5° ao 9° ano.

 

Aberto à comunidade

Conhecido como um espaço de fabricação digital, o FabLab fornece ferramentas controladas por computador e materiais para a produção rápida de objetos, estimulando a inovação por meio da prototipagem em um ambiente colaborativo.

Os laboratórios fazem parte da rede mundial criada pelo MIT (Massachusetts Institute of Technology), e o espaço de Araras também será credenciado junto ao Instituto, possibilitando inclusive o acesso ao banco de projetos mundial da rede e web conferência para troca de informações entre os usuários.

O FabLab de Araras também vai disponibilizar espaços que poderão ser utilizados pela comunidade. “Teremos também estrutura para coworking dentro do espaço e já estamos elaborando um projeto em conjunto com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico nesse sentido. Além disso, teremos também o Open Day, quando alunos de universidades ou profissionais das mais diversas áreas poderão usar nossos equipamentos, obedecendo à tabela de preços públicos, para realizar projetos particulares. Esses recursos do Open Day serão convertidos em novos materiais para o FabLab”, acrescenta o secretário de Educação.

Araras será uma das poucas cidades do Estado de São Paulo a oferecer um FabLab municipal – o projeto já existe em escolas particulares, unidades do sistema S (Sesi, Senai e Senac) e instituições voltadas à tecnologia.