Presidente do Saema recebe vereador Mané da Rádio e imprensa na estação de captação de água do Mogi Guaçu em Araras, SP

Visita técnica serviu para mostrar as melhorias realizadas no sistema por conta da estiagem.

O presidente executivo do Saema (Serviço de Água e Esgoto do Município de Araras), Alexandre Castagna, realizou uma visita técnica junto com a imprensa no sistema de captação de água bruta do Rio Mogi Guaçu. O vereador Manoel de Oliveira Filho (Mané da Rádio) também esteve presente.

O encontro serviu para apresentar o novo sistema de captação que compreende a ligação em série das duas bombas do sistema de captação de água bruta proporcionando aumento na vazão em mais de 11 milhões litros de água por dia, passando de 13.824.000 milhões de litros/dia para 25.056.000, gerando aumento de 80%. Atualmente são captados 290 litros de água por segundos do Rio Mogi, contra 160 l/s anteriormente.

À medida que visa preservar a retirada de água das represas nesse período de forte estiagem pode diminuir de 12 a 13 milhões de litros de água por dia nas captações das represas.

“Estamos preocupados com a falta de chuva. Estamos fazendo de tudo para reservar água em nossas represas. Nossos níveis ainda estão numa situação aceitável, mas precisamos pensar lá na frente e o Rio Mogi Guaçu é o nosso ponto de equilíbrio nesse período de estiagem”, disse o presidente Castagna.

Com a mudança, passou para 55% da água do Rio Mogi e 45% das represas

Antes da mudança 70% da água distribuída na cidade vinha das represas José Ometto (Sobradinho)/João Ometto Sobrinho (Água Boa) e Santa Lúcia/Tambury, enquanto que 30% vinham do Rio Mogi Guaçu. Com a mudança, passou para 55% da água do Rio Mogi e 45% das represas.

Ainda no sistema de captação do Rio Mogi Guaçu foram realizadas manobras de desassoreamento onde se encontram as bombas de captação de água bruta, além de ampla limpeza as margens do rio e serviços de pintura na estrutura física.

O vereador Mané da Rádio, presente no evento, realçou o trabalho que vem sendo feito pelo Saema.

“Tenho acompanhado a transformação que essa administração vem fazendo. Parabenizo pela preocupação e empenho que todos têm com a água para nossa população e aproveito para pedir que façam economia, não desperdicem”, disse o vereador.

A água bruta captada no Rio Mogi Guaçu pelo Saema percorre mais de 23 quilômetros de rede para chegar até a Estação de Tratamento de Água (ETA), no Jardim Cândida, para depois ser distribuída para a população ararense.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT