Preso foge algemado de escolta policial dentro de UPA em Taubaté, SP

Homem era atendido na Unidade de Pronto Atendimento do bairro San Marino e escoltado por dois policiais quando, ainda algemado, fugiu. Preso entrou em área de mata e não foi encontrado.

Um preso que estava sob escolta policial conseguiu fugir algemado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro San Marino em Taubaté (SP). O caso ocorreu na terça-feira (1º).

De acordo com a polícia, ele aguardava por atendimento, mas fugiu para uma área de mata atrás da UPA. Ele havia sido preso suspeito de envolvimento em um homicídio.

O homem estava preso de forma preventiva na cadeia de Taubaté. Ele era escoltado por policiais civis para um atendimento na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) no bairro San Marino.

clique na imagem e saiba mais

O homem estava com as mãos algemadas e era acompanhado por dois policiais. Eles contaram em depoimento que o atendimento estava demorando e que um dos agentes foi conversar com a equipe médica, deixando o preso sob os cuidados do outro policial.

Ele estava no corredor da unidade, quando ao perceber que apenas um policial estaria por perto, saiu em fuga. Os policiais contaram que foram atrás do homem, mas ele entrou em uma área de mata atrás da UPA e não foi encontrado.

Ele estava preso desde o dia 20 de novembro depois que a Justiça decretou a prisão, a pedido da polícia, que apontou que ele era o principal suspeito de um homicídio. Outros detalhes sobre o caso não foram divulgados.