Produtor musical é preso acusado de abusar de deficiente visual

Homem dopava a vítima para depois praticar os abusos.

Um produtor musical, de 58 anos, foi preso em São Paulo acusado de abusar sexualmente de uma deficiente visual. Ele alugou um quarto na casa da vítima e a dopava para praticar os abusos. A mulher foi a delegacia denunciar o agressor, que acabou preso.

ÁGIL DPVAT

clique na imagem e saiba mais