Produtores rurais apostam em ‘feira digital’ com entregas delivery para driblar prejuízos durante pandemia

Produtores rurais apostam em feira digital

Em meio à pandemia do novo coronavírus e à suspensão de diversas atividades, como as feiras livres, produtores rurais de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, se uniram em uma central de delivery para entregar produtos do campo na casa de consumidores e evitar prejuízos.

O sistema começou a funcionar nesta quinta-feira (26) e saiu do papel após uma parceria dos feirantes com a prefeitura da cidade e uma startup.

Consumidores podem fazer pedidos por meio de site da internet — Foto: Wesley Bischoff/G1 PR

 

clique na imagem e saiba mais

Por meio de uma plataforma chamada ‘Feira Fácil Genial’, os consumidores conseguem escolher produtos hortifrutigranjeiros. A entrega é feita em casa em 24 horas.

Após o pedido cair no sistema, os produtores embalam toda a produção em um espaço que foi cedido pela prefeitura na Estação Arte, no Parque Ambiental.

O produtor rural Romualdo Siuta é um dos agricultores que está vendendo produtos na plataforma, como abobrinha, alface e milho. Ele conta que o novo coronavírus gerou um baque na rotina

“Já não fizemos a feira na semana passada, ficamos sem chão. É coisa nova, mas eu acho que é o caminho. Uma maneira da gente não ficar no prejuízo, vai nos ajudar muito”, disse.

Ideia

O secretário municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Bruno Costa, disse que a ideia já estava sendo desenvolvida antes dos casos da Covid-19. Com a pandemia, a criação da plataforma foi acelerada.

“Nós estávamos idealizando o projeto para o ano que vem, era um projeto piloto. Depois que tudo se acalmar esse vai ser um novo conceito de compra das feiras. Nós queremos manter”, afirmou.

Segundo o secretário, os preços são tabelados e até 20% menores do que os praticados nas feiras. As entregas serão feitas por empresas terceirizadas, ou pelos próprios produtores.

A prefeitura informou que a plataforma estreou com 18 produtores cadastrados.

Logística

As entregas são feitas de segunda-feira a sábado, das 9h às 17h. O preço do frete é de R$ 5. Os consumidores podem fazer o pagamento em dinheiro, cartão de crédito, boleto ou transferência bancária.

Na central de distribuição, os produtores possuem regras de aglomeração e higienização para evitar o contágio do novo coronavírus.

Podem entrar no programa agricultores que já participam de feiras, ou até mesmo que vendem os próprios produtos para estabelecimentos comerciais.

Para entrar na plataforma, os produtores precisam entrar em contato pelo telefone (42) 3220-1000, informando o ramal 1246.

Novo coronavírus

Até esta quinta-feira (26), Ponta Grossa tinha três casos confirmados do novo coronavírus. Em todo o Paraná são 106 diagnósticos, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Entre as medidas para conter o avanço da doença, a prefeitura suspendeu aulas, determinou o fechamento do comércio e reduziu os horários do transporte coletivo.

Supermercados, farmácias, oficinas, entre outros estabelecimentos de serviços essenciais estão autorizados a funcionar em Ponta Grossa.