Profissões do futuro: Conheça seis que estarão em alta nos próximos anos

Não precisa ser vidente para saber quais serão as profissões do futuro. O mercado está mudando e com ele se transformam também o modo como as empresas interagem com os clientes.

Além disso, a tecnologia atual traz novas ferramentas de trabalho, que demandam novos conhecimentos e, por consequência, resultam aí as novas profissões.

Algumas profissões que estarão em alta nos próximos se adaptaram aos tempos modernos e são exercidas por meio de novas tecnologias. Já outras serão completamente novas, exigindo conhecimentos específicos e dos seus respectivos comerciais.

clique na imagem e saiba mais

Quer saber quais serão as profissões do futuro, quais funções os modernos trabalhadores terão que realizar? Então confira as informações dessa postagem.

Transformação digital e também do mercado

Podemos colocar na conta da transformação digital o boom de novas profissões que estamos acompanhando nos últimos anos. A necessidade de digitalizar os negócios exige profissionais com conhecimentos voltados para essa área.

Nesse cenário onde é fundamental conhecer conceitos como Big Data, Inteligência Artificial e Machine Learning, algumas profissões do futuro demandam tarefas como análise de dados, conhecimento em linguagens de programação e outras habilidades.

Como a digitalização é um caminho sem volta para as empresas, a norma é se adaptar ou assistir os concorrentes dispararem na frente.

Diante disso, a tendência é que as profissões do futuro exijam dos trabalhadores conhecimentos relacionados com aspectos cada vez mais digitais.

Além disso, essa automação dos processos também vai exigir que os profissionais desenvolvam ainda mais as chamadas Soft Skills, que são aquelas habilidades voltadas mais para características comportamentais do que para conhecimentos técnicos.

Em suma, quando as máquinas e os seus algoritmos fazem boa parte do trabalho envolvendo números nas empresas, cabe aos funcionários “de carne e osso” atuarem com criatividade, empatia e capacidade de liderança.

Conheça pelo menos 5 profissões do futuro

Em um mundo onde os pequenos e grandes empreendimentos devem estar alinhados com as ferramentas digitais, então já é possível apontar quais as profissões do futuro que ganharão destaque nos próximos anos. Confira!

1 – Especialista em Direito Digital 

A advocacia sempre teve e terá importância em nossa sociedade e não há dúvidas disso. No entanto, diante das novidades digitais que envolvem especialmente a compra e venda online, uma área do direito ganha amplo destaque: o direito digital.

Por meio desse segmento, consumidores e empreendedores ficam a par das leis que regem o comércio eletrônico e as transações comerciais que ocorrem em ambientes online. Por isso, essa será uma das grandes profissões do futuro.

O direito digital também atua para analisar e solucionar questões que envolvem os crimes cibernéticos, também conhecidos como cibercrimes. Sendo assim, problemas envolvendo injúrias, calúnia e difamação no ambiente da web fazem parte dessa área do direito.

2 – Logística 

Essa é uma profissão em alta e que ainda pode ganhar mais destaque. O profissional que atua nesse segmento pode trabalhar em várias frentes, incluindo aí o e-commerce.

Outra oportunidade consiste na armazenagem. Ela é importante, pois possibilita o adequado aproveitamento dos espaços para garantir que mercadorias e outros tipos de produtos sejam devidamente conservados e protegidos.

O profissional deve também contar com bons conhecimentos relacionados com a gestão de estoques, pois assim se torna possível conhecer melhor os métodos para as mercadorias estarem no lugar certo e não ocorrer problemas com os pedidos.

Além do mais, quem trabalha no setor de logística deve conhecer os softwares e as técnicas adequadas para elaborar relatórios a respeito das compras e as vendas dos produtos.

Para aqueles que almejam se preparar e trabalhar nessa área, podem encontrar cursos específicos para ela. 

3 – Analista de Big Data 

Os chamados Big Data consistem na grande quantidade de dados na internet. Ou seja, todas as informações presentes na web e que podem ser cruzadas, agrupadas e analisadas fazem parte do Big Data.

Ele é importante para o mundo dos negócios, pois traz informações referentes a uma empresa e os seus clientes. Tais informações consistem em publicações efetuadas em blogs, redes sociais, vídeos e mais uma série de canais online.

Sendo assim, é um desperdício não utilizar essa enorme quantidade de informações, pois não custa lembrar que elas podem auxiliar na hora de entender melhor o perfil dos clientes e, por isso, auxiliar na realização de estratégias de marketing.

Não é por acaso que, diante da enxurrada de informações crescendo a cada dia, a atuação dos profissionais que atuam com análise de Big Data ganhe ainda mais espaço.

Para atuar com análise de Big Data é necessário ter conhecimento sobre computação, noções de estatística e algoritmos, bem como dominar algumas ferramentas básicas da área.

Além disso, é pertinente também ter algumas soft skills básicas. As principais são a inteligência emocional, para trabalhar sobre pressão. Outra é a criatividade, para obter ideias e trazer sugestões de estratégias a partir dos dados cruzados e coletados.

4 – Desenvolvedor de ambientes de realidade aumentada 

De uns tempos para cá, a tecnologia da Realidade Aumentada, também chamada de RA, ganhou força. Ela consiste basicamente em inserir objetos virtuais no ambiente físico, em que eles podem ser vistos por meio de dispositivos móveis, por exemplo.

Isso proporciona uma experiência altamente imersiva para o usuário. Um exemplo disso é o jogo Pokemon Go, lançado no ano de 2016. Outro exemplo também é o QR Code em pontos turísticos.

Por meio da leitura do QR Code, o usuário pode obter informações sobre o local a ser visitado, a sua importância histórica, o valor cultural e vários outros atributos.

A Realidade Aumentada também pode ser utilizada no setor industrial para o treinamento de uma equipe de colaboradores, por exemplo.

O profissional que pretende se especializar nessa área deve ter um bom conhecimento de design, tecnologia 3D e linguagens de programação. É importante também ser criativo.

5 – Coaching Financeiro

 Após o período de pandemia, muitos negócios terão que recomeçar do zero, enquanto outros terão que se reinventar. Nesse aspecto, o profissional que atua como Coaching Financeiro poderá ser bastante requisitado.

Ele irá atuar auxiliando empreendedores novatos a compreender melhor as características do mercado cada vez mais online, bem como poderá orientar até mesmo gestores mais experientes que querem saber mais sobre estratégias digitais.

Para entrar nessa área é necessário conhecer alguns cursos destinados para a formação de coaching, bem como dominar noções sobre educação financeira, marketing digital e métricas de mensuração de resultados.

Inclusive, é bom lembrar que o coaching, nos seus mais variados segmentos, terão um espaço mais amplo no mercado. Nesse caso, há o coaching nutricional, coaching de atletas, coaching pessoal, ou seja, as funções são bem abrangentes para essas profissões do futuro.

As mudanças no mercado de trabalho geram novas oportunidades 

Você já reparou como certos segmentos do comércio desapareceram ou estão à beira da extinção? Você vê aí na sua cidade alguma videolocadora ou uma loja de discos de CDs e disco de vinil?

Pois é, ao longo dos anos algumas ferramentas como o MP3 e atualmente a tecnologia streaming como usada na Netflix mudaram essa realidade do mercado. Nesse contexto, profissionais tiveram que se adaptar ou mudar de rumo completamente.

Se algumas profissões ficaram no passado, o futuro traz outras, exigindo novos conhecimentos e habilidades.

Por tudo isso, é bom conhecer a atual realidade para ficar por dentro das profissões do futuro. Assim fica mais fácil encontrar as oportunidades que surgirem pelo meio do caminho.