Programa +Mulheres Inspiradoras SP é lançado em evento na capital paulista

Iniciativa foi anunciada durante encontro de lideranças femininas com presença de mais de 35 CEOs, no Palácio dos Bandeirantes.

A Secretária de Desenvolvimento Econômico (SDE), Patricia Ellen, por meio de termo assinado entre a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) e Organização Mulheres Inspiradoras, anunciou na última semana, no Palácio dos Bandeirantes, o Programa + Mulheres Inspiradoras SP.

O lançamento ocorreu durante encontro de líderes da Confraria Mulheres Inspiradoras, que reuniu mais de 35 CEOs de grandes empresas para debater a retomada das atividades econômicas no estado.

O evento contou com as participações do Governador João Doria, da presidente do Fundo Social de São Paulo, Bia Doria, da Diretora Acadêmica da Univesp, professora Simone Telles, da secretária de Pessoas com Deficiência, Célia Leão, secretária de Desenvolvimento Social, Célia Parnes, da superintendente do Centro Paula Souza, professora Laura Laganá, da presidente da BMG, Ana Karina, da Imunologista e professora da Faculdade de Medicina da USP, Ester Sabino, da apresentadora especialista em Finanças, Nathalia Arcuri, da líder da Organização Mulheres Inspiradoras, Geovana Quadros, além de outras empresárias e autoridades.

O Programa + Mulheres Inspiradoras visa qualificar jovens de 18 a 25 anos de faculdades públicas do estado, com foco em mulheres negras e em vulnerabilidade social, por meio do desenvolvimento de habilidades de liderança com líderes multissetoriais inspiradoras que movimentam o país. A ideia é encurtar pontes, romper paradigmas e com isso desenvolver mais mulheres inspiradoras do futuro.

A ação tem efeitos multiplicadores no desenvolvimento sustentável, contemplando a ODS 5 da ONU sobre Igualdade de gênero com foco no aumento da participação das mulheres na força de trabalho, mais emprego e renda, representatividade feminina em postos de liderança, diminuição da pobreza e agravantes da crise do Covid para mulheres – principalmente no que se refere aos empregos do futuro.

Para Patricia Ellen, o importante é inspirar outras mulheres a não desistir. “Hoje, Ester Sabino representa a inspiração, ela decodificou rapidamente o genoma do coronavírus. Assim como todas aqui presentes, podemos abrir portas e incentivar outras mulheres para a liderança na tecnologia, gestão e ciência”, ressaltou.

De acordo com a diretora acadêmica da Univesp, professora Simone Telles, serão ofertadas vagas para a formação de alunas, profissionais da universidade e mulheres de outras instituições, com a proposta de que elas tenham uma visão diferenciada do seu papel na sociedade como líderes. “O curso será oferecido na Plataforma Virtual da Univesp e também contará com mentoria de executivas de todo o Brasil. Dos nossos estudantes, mais de 57% são mulheres. As participantes terão atividades práticas em um segundo momento, podendo estagiar em grandes empresas e até mesmo conquistar uma colocação profissional”, ressalta.

Sobre a Confraria Mulheres Inspiradoras

A Confraria Mulheres Inspiradoras é a primeira Confraria de alta liderança do Brasil que debatem temas femininos em um ambiente cheio de inspiração. Participam empresárias e executivas de sucesso de diferentes setores.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT