Projeto transforma lixão em horta comunitária e emprega 250 em Rio Claro, SP

Legumes e verduras vão para famílias carentes.

Um projeto de Rio Claro (SP) transformou um terreno usado para descarte de lixo em uma horta comunitária que está empregando pelo menos 250 pessoas. Os legumes e verduras produzidos no local ainda vão para famílias de baixa renda da cidade.

Transformação

O lixo tomava conta do terreno no bairro Alto de Santana. O espaço era da Unesp e depois foi cedido para prefeitura.

No ano passado, funcionários municipais semearam a mudança e a terra que não dava nada agora esbanja fertilidade. O local cultiva mais de 15 variedades, como alface, beterraba e chicória.

clique na imagem e saiba mais

Quem cuida do terreno são trabalhadores que recebem uma bolsa da prefeitura. “Eles trabalham seis horas por dia, recebem um salário mínimo por mês e também ganham um vale-alimentação de R$ 60. Geralmente são moradores de rua, em situação de vulnerabilidade”, afirmou o coordenador do projeto Alexandre Falararo.

Doação para famílias carentes

Após um ano e meio, a horta solidária produz uma tonelada de frutas, verduras e legumes por mês. Tudo o que sai do local é doado para famílias de baixa renda.

Em cada enxada, a prova de que sempre é tempo de cultivar um novo começo.


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.