Protesto a favor do governo Bolsonaro reúne manifestantes em cidades da região

Anúncio
Clique na imagem. Link direto para Whatsapp


Atos apoiam a Reforma da Previdência, a operação Lava Jato, o pacote anticrime e o ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Protestos a favor do governo Jair Bolsonaro reúnem manifestantes em cidades da região neste domingo (30). Os atos defendem a aprovação da Reforma da Previdência, o avanço da operação Lava Jato e o apoio ao ministro da Justiça Sérgio Moro.

Araras

Em Araras (SP), os manifestantes se encontraram às 10h, na Praça Barão, na região central da cidade.

O ato, que seguiu a pauta nacional, teve a participação dos moradores que usaram o microfone do carro de som para se manifestar. O Hino Nacional também foi cantado no início e no fim do protesto.

Araraquara

Em Araraquara, os manifestantes começaram a se reunir no Parque Infantil por volta das 14h.

São Carlos

Já em São Carlos, a concentração começou às 9h na Praça Itália, na Vila Lutfalla, onde os manifestantes vestidos de verde e amarelo distribuíram adesivos para os carros, fizeram cartazes e cantaram o Hino Nacional.

Por volta das 10h15, os moradores participantes saíram em carreata pelas Avenidas São Carlos, Trabalhador São Carlense, Rua Miguel Petroni e Avenida Bruno Rugiero para retornar ao ponto de partida. Além dos carros, um trio elétrico acompanhou o ato.

Rio Claro

Em Rio Claro, os manifestantes se reuniram às 10h na Praça do Jardim Central, na Avenida 3 com a Rua 1. O microfone esteve aberto para os manifestantes que queriam se pronunciar sobre a pauta do ato, que seguiu a mesma linhas das manifestações por todo o país.

O Hino Nacional foi cantado antes do pronunciamento das mensagens e também no momento do encerramento, às 11h30.

São João da Boa Vista

Em São João da Boa Vista, os manifestantes começaram a concentração às 14h na Praça Joaquim José, mas deram início ao ato por volta das 15h.

Eles se organizaram para passar mensagens e explicar aos moradores a importância da aprovação da reforma da Previdência e do Pacote Anticrime. O ato teve encerramento com o Hino Nacional às 16h.

Pirassununga

Em Pirassununga, a manifestação teve início às 14h na Praça Central da cidade, com o mesmo objetivo dos atos de outras cidades do Brasil.

Os manifestantes saíram em caminhada e carreata com bandeiras do Brasil para a Avenida Newton Prado até a rotatória do Serviço de Água e Esgoto de Pirassununga (SAEP) e retornaram à praça. O protesto acabou por volta das 16h.

Campinas

A concentração do ato em Campinas começou às 10h na Avenida Norte-Sul, na região dos bairros Cambuí e Nova Campinas, e terminou às 12h. Muitas pessoas se vestiram de verde e amarelo para participar da manifestação, incluindo famílias com crianças.

Moradores de cidades da região, como Artur Nogueira (SP), também participaram do ato. O protesto ocorreu pacificamente e não houve registros de ocorrências.

O trânsito na avenida ficou interditado nos dois sentidos e precisou ser desviado para a ruas Nuporanga e Quirino de Amaral Campos. Agentes da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) acompanharam a situação no local orientando os motoristas. A Polícia Militar também acompanhou o ato.

Indaiatuba

Moradores de Indaiatuba ficaram concentrados na Concha Acústica do Parque Ecológico. O ato começou às 10h e reuniu famílias vestidas de verde e amarelo. A Polícia Militar fez o monitoramento e informou que nenhuma ocorrência foi registrada.

Itapira

De acordo com a Guarda Municipal, um grupo pequeno de manifestantes fez um ato no Parque Juca Mulato em Itapira pela manhã. O protesto foi pacífico. Moradores saíram à rua com bandeiras do Brasil e vestidos de verde e amarelo. Não houve registro de ocorrências.

Piracicaba

Em Piracicaba o ato começou com uma concentração às 9h30 na Praça José Bonifácio, no Centro, e por volta das 11h os participantes começaram a seguir em passeata pelas ruas do bairro.

O grupo percorreu as ruas Boa Morte, Rangel Pestana voltou pela Governador Pedro de Toledo até o ponto inicial. A manifestação foi encerrada pouco antes de meio-dia.

Idosos e crianças também participaram, com bandeiras do Brasil, faixas e cartazes. Agentes de trânsito e Polícia Militar acompanham. Nenhuma ocorrência foi registrada até esta publicação.

Limeira

A manifestação em Limeira (SP) começou por volta de 10h na Praça Toledo de Barros, no Centro. Segundo a Polícia Militar (PM), o ato foi pacífico e não houve ocorrências. A Guarda Civil não foi acionada.

Vestidos de verde e amarelo e com bandeiras do Brasil, os manifestantes entoaram palavras de ordem a favor do ministro da Justiça e de Bolsonaro. O grupo também cantou o hino nacional.

Siga Beto Ribeiro Repórter e FATOS POLICIAIS no facebook, e fique por dentro de todas as novidades!