Protesto contra o racismo reúne centenas de pessoas no centro de Limeira, SP

Ato aconteceu em frente ao Assaí Atacadista, após episódio contra Luiz Carlos da Silva, que foi acusado de furto por ser negro.

Movimentos sociais, políticos, representantes de ONGs e representantes do movimento negro fazem protesto no centro de Limeira (SP) em frente ao Assaí Atacadista, pedindo inclusão social e fim do racismo, na manhã deste domingo (15).

A manifestação aconteceu depois do episódio de racismo contra Luiz Carlos da Silva, que estava saindo da loja quando foi acusado por um segurança de ter furtado itens do supermercado. Assista ao vídeo abaixo:

O advogado da vítima disse que os seguranças do supermercado pediram que o homem inicialmente tirasse a camisa. “Nesse momento, ele tirou a camiseta e ficou só de calça. Ele já estava nervoso, chorando, completamente transtornado por conta da situação.

Nesse momento ele tirou a calça, ficou só de cueca. Não pediram para retirar toda a roupa […] mas, diante da situação, até para defesa dele, para provar que não estava com nada, porque, até o momento que ele tinha tirado a parte de cima da roupa e ficou com a calça, os seguranças ainda desconfiavam dele, nesse momento ele tirou a roupa”, afirmou o defensor.

A vítima registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil por constrangimento.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT