Deputados de 30 partidos ocuparão as 513 cadeiras da Câmara Federal, a partir do ano que vem

O número de legendas é maior que as 25 atuais e representa um novo recorde, desde a redemocratização.

A maior bancada será a do PT, com 56 deputados. O partido, porém, perdeu espaço, uma vez que na eleição anterior, em 2014, conseguiu eleger quase 70 parlamentares.

Mas a principal derrota da votação do último domingo ficou por conta do MDB, do presidente Michel Temer.

Isso porque o número de deputados eleitos pelo partido caiu quase que pela metade, em quatro anos. Passou de 66 para 34.

Por outro lado, chama a atenção o crescimento do PSL, do presidenciável Jair Bolsonaro.

O partido elegeu apenas um deputado federal, em 2014.

Mas agora foram 52, número que faz dele o dono da segunda maior bancada da Câmara.


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here