Quer mudar de carreira? Confira dicas de especialistas

Aqueles que querem dar um novo rumo profissional em 2022 precisam avaliar alguns critérios para tomar decisões com mais segurança.

A pandemia mudou a relação trabalhista de diversos profissionais e trouxe para o debate alguns dilemas – novos e antigos –  do mercado de trabalho, como a adaptação ao home office, a redução salarial e a mudança de carreira.

Em uma pesquisa global realizada pela Pearson, 76% dos brasileiros afirmam que o novo coronavírus mudou a percepção quanto às suas trajetórias profissionais e cerca de 60% disseram temer ter que mudar de carreira por conta da pandemia.

Essa realidade foi vivida por Pedro Henrique Cardoso Guerra. Formado em administração, ele ingressou no mercado como Supervisor de Planejamento de Vendas e com a pandemia migrou para o Marketing.

“A pandemia me influenciou 100%, porque se não fosse o coronavírus, eu não teria trabalhado com marketing, porque logo quando saí da última vaga, eu iria para o intercâmbio, fiquei desempregado e comecei a trabalhar com redes sociais”, diz.

Para Luiz Valente, CEO do Talenses Group, o atual momento econômico para quem ainda pensa em mudar de carreira é propício. “Apesar de um mercado com crescimento de taxa de juros, de inflação, de expectativas do PIB 2022, nós temos um mercado aquecido, principalmente nos níveis gerenciais e de lideranças diretas de equipe.”

Segundo a especialista Maria Sartori, diretora de Recrutamento da Robert Half, durante todo período da crise de Covid-19 ocorreram dois movimentos no mercado.

“Um movimento foi em dar um tempo na carreira, o chamado período sabático e outro movimento que vem mais forte é a busca por uma carreira que fazia sentido anteriormente, que pode ocorrer dentro da própria companhia ou fora.”

Marcos Gonçalves, atualmente no setor da tecnologia, se sentiu mais seguro para aproveitar o momento de crise e migrar da área de gastronomia para a carreira que sempre quis. “Eu já tinha a vontade de mudar de ramo e senti no início da pandemia um encorajamento para mudar. Foi o empurrãozinho que faltava para eu sair do setor de restaurantes e atuar em tecnologia, como Analista de Business Intelligence & Insights”, diz.

Para Vicente, mudar de carreira exige atenção máxima. “É necessário ter cuidado para essa decisão de guinada na carreira. É importante que o profissional faça essa reflexão do que ele quer, e do que ele não quer.

Veja 4 dicas para mudar de carreira

Para quem quer mudar de carreira neste momento, é preciso avaliar alguns critérios para tomar a decisão mais correta.

Autoconhecimento

Avalie quais são suas habilidades e conhecimentos que você já tem para essa nova área que você pretende migrar e quais outros conhecimentos serão necessários ser adquiridos. Além de avaliar tudo que uma nova carreira pode mudar na sua vida.

“É interessante também conversar com as pessoas que estão ao redor, amigos, família para ter o máximo de informação possível. Com esse feedback de quem te observa de fora fica mais fácil visualizar o movimento que ele precisa fazer”, diz Valente.

Entenda o grau da mudança

A mudança nem sempre é radical, de uma área de finanças para uma área de criação de mídias, muitas vezes ela pode acontecer dentro do mesmo setor, mas com uma atuação de cargo diferente.

“Ele precisa compreender a área em que ele atua, se ele é um profissional que gosta de fazer análise financeira porque ele não quer controladoria, ele precisa entender se ele gosta do que ele faz e se ele não gosta eventualmente da área que ele está atuando”, afirma Valente.

Pesquise sobre o setor

Busque entender se é um setor próspero, se sofreu muito com os efeitos da pandemia ou se conseguiu superar as expectativas, a base salarial, os benefícios. Esteja ciente dos prós e dos contras. “Converse com profissionais da área para qual você quer ir, e conhecer mais a profissão e empresas desse segmento”, diz Maria.

Esteja atualizado

Busque aperfeiçoar seus conhecimentos dentro do que essa nova área de mercado exige. “Nunca deixe de se atualizar, por meio de atualizações e saber o que está acontecendo no mundo dos negócios”, diz Maria.

*Sob supervisão de Thâmara Kaoru e Ana Carolina Nunes

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP