Recall Medley: medicamento Ranitidina apresenta risco de contaminação

Anúncio

A empresa deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor.

O Procon-SP, vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, orienta os consumidores sobre seus direitos, no que diz respeito ao recall do medicamento Ranitidina 150 mg e 300 mg da Medley, unidade de negócios genéricos da Sanofi-Aventis Farmacêutica Ltda. A empresa deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos para o consumidor.

No comunicado a empresa informa possível contaminação com uma impureza de nitrosamina chamada N-nitrosodimetilamina (NDMA), que é classificada como possível substância causadora de câncer. Veja no link os lotes envolvidos https://www.sanofi.com.br/pt/quem-somos/imprensa/releases/2020-01-07-ranitidina

Recomenda-se, a quem adquiriu o lote do medicamento, a mantê-lo em sua embalagem original, bem como a não utilizá-lo. A farmacêutica deve proceder ao recolhimento do produto, substituindo-o ao consumidor ou ressarcindo os valores pagos. A empresa disponibiliza o telefone 0800 729 8000.

A Fundação Procon-SP mantém, desde 2002, um banco de dados com informações sobre todas as campanhas de recalls realizadas no Brasil: http://sistemas.procon.sp.gov.br/recall/.

Fonte: Fundação Procon-SP/Assessoria de Comunicação