Receita Federal inicia operação do eSocial para desburocratizar serviços contábeis de empresas

Brasília - Recolhimento de impostos na contratação dos empregados domésticos pelo eSocial começou em novembro de 2015. Patrões reclamaram da emissão das guias, devido a problemas no site (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Mais de 13 mil empresas com faturamento acima de R$ 78 milhões devem aderir ao programa.

Começou nesta segunda-feira (08) a implantação da primeira fase do eSocial, serviço virtual da Receita Federal que concentra informações fiscais, previdenciárias e trabalhistas.

Mais de 13 mil empresas com faturamento acima de R$ 78 milhões devem aderir ao programa.

Após o cadastro, todos os registros funcionais ficarão disponíveis e poderão ser transmitidas por meio digital.

O acesso às informações facilitará a fiscalização do governo.

Na primeira etapa, serão incluídos os dados sobre vínculos trabalhistas. Depois, folhas de pagamento, dados de segurança e, por, último, registros de saúde.

Cerca de 15 milhões de trabalhadores devem ter os registros funcionais digitalizados.


Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP