Reconstrução de ponte que caiu entra na reta final após 7 meses da morte de caminhoneiro em Mogi Guaçu, SP

Previsão é que acesso seja liberado a partir de terça-feira (22), segundo a prefeitura. Motorista morreu soterrado após veículo cair no rio em fevereiro.

A reconstrução da ponte que dá acesso ao distrito de Martinho Prado, na Rodovia Vicinal Almino Monteiro Álvares Afonso, em Mogi Guaçu (SP), entrou na reta final e a previsão da prefeitura é que o trânsito de veículos seja liberado na terça-feira (22).

A ponte desabou com a forte chuva que atingiu a cidade em 27 de fevereiro. Um caminhoneiro de 80 anos morreu após o veículo que ele dirigia cair no rio e ele ser soterrado pela carga de areia. No local onde a morte ocorreu, moradores colocaram uma cruz para homenagear a vítima.

clique na imagem e saiba mais

De acordo com informações, falta a finalização das caneletas de escoamento de água, que devem ser concluídas ainda na tarde desta segunda. Após isso, a passagem volta a ser liberada para os motoristas.

Depois do desabamento de fevereiro, a prefeitura bloqueou a estrada vicinal e o motorista passou a utilizar a SP-191, no desvio por Conchal (SP). A opção para motoristas de veículos leves era utilizar uma estrada rural pelo bairro Chácaras Alvoradas.