Ronda Comércio e Conselho Tutelar abordam casal venezuelano pedindo dinheiro com criança e adolescente vendendo balas no Centro de Araras, SP

Nossa reportagem esteve conversando com a conselheira Istael Cristina Milinski Mariano sobre essas duas situações.

Na manhã desta quarta-feira (9), o inspetor Almir estava em patrulhamento pelo Centro de Araras (SP), quando recebeu informações de um casal de venezuelanos com uma criança que estaria pedindo dinheiro no semáforo.

Imediatamente ele foi ao local, constatou o fato e comunicou o subinspetor Henckein e o GCM Jamil, que fazem parte da Ronda Comércio, que acionaram o Conselho Tutelar, sendo acompanhados de pronto pela conselheira Istael Cristina Milinski Mariano.

Logo após esse episódio, as equipes se dirigiram até a rua José Bonifácio, onde havia uma adolescente de 14 anos que estava vendendo balas. Durante a abordagem, ela disse que estava com sua mãe, e eram ciganas. 

Nossa reportagem esteve conversando com a conselheira sobre essas duas situações, e, ela esclareceu quais foram os procedimentos e os motivos que levaram à tais medidas para cumprimento do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente. Ouça abaixo:

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP