Saema retira 6 toneladas de lixo durante limpeza da caixa de entrada da ETE em Araras, SP

PUBLICIDADE

Outras informações sobre limpeza e desobstrução na rede de esgoto, a população pode entrar em contato com a central de atendimento 24h do Saema pelo 0800-014-4321.

O Saema (Serviço de Água e Esgoto do Município de Araras) retirou 6 toneladas de lixo da caixa de entrada da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto), local onde chegam os resíduos de esgoto da cidade e que se encontrava obstruída devido a quantidade de sujeira irregular na rede.

“Os resíduos ficam presos neste local e causam diversos prejuízos operacionais ao longo de todo o processo. Por isso, o Saema alerta que a rede coletora de esgoto não é dimensionada para receber lixo e o uso correto nas residências, comércio e indústria merece muita atenção”, explicou o presidente Executivo do Saema, José Carlos Martini Junior.

 

O que foi encontrado na rede de esgoto?

PUBLICIDADE

Papel, pó de café, cotonetes, absorventes, estopas, sacolas plásticas e outros resíduos, quando lançados em pias, ralos ou vasos sanitários, podem romper a tubulação, provocando transbordamentos de esgoto nas ruas ou residências, além de aumentar o risco de enchentes e poluição de rios.

 “Este tipo de material, que inicialmente parece não ser um problema, percorre toda rede de esgoto causando entupimentos, ou quando chega a ETE prejudica todo sistema. Muitas vezes o entupimento é na própria residência. A destinação que você dá ao seu lixo doméstico também é importante para evitar a obstrução da rede de esgoto e para o bom funcionamento da ETE”, salientou Nilton César de Faria, Chefe da Divisão de Coleta e Tratamento de Esgoto.

Outras informações sobre limpeza e desobstrução na rede de esgoto, a população pode entrar em contato com a central de atendimento 24h do Saema pelo 0800-014-4321.

PUBLICIDADE
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP