Saiba como pedir e prorrogar auxílio-doença do INSS

De acordo com a Previdência, o benefício de R$1.045,00 equivalente a um salário mínimo será prorrogado automaticamente enquanto durar o distanciamento social

Sem atendimento presencial nas agências do INSS por causa da pandemia de Covid-19, muitos segurados acumulam dúvidas sobre a concessão do auxílio-doença.

De acordo com a Previdência, o benefício de R$1.045,00 equivalente a um salário mínimo será prorrogado automaticamente enquanto durar o distanciamento social.

O segurado recebe o valor antecipado por até 3 meses. Para quem tem direito a um valor acima do mínimo, a complementação deverá ser paga quando as agências reabrirem.

clique na imagem e saiba mais

Quem ainda não deu entrada no processo, pode requerer o benefício pelo site ou aplicativo Meu INSS. Para isso, deve enviar o atestado médico para receber a antecipação prevista.

No próprio site ou pelo telefone 135 é possível acompanhar a análise dos benefícios com base nas perícias médicas, solicitados antes do fechamento das agências. O procedimento vale também para aqueles que tiveram perícia agendada, mas não puderam realizar o atendimento.

Quem já recebeu o auxílio-doença e o benefício prorrogado, e já pode voltar ao trabalho deve solicitar, também no site ou app, a alta a pedido, para que o processo seja suspenso.

Os segurados que ainda necessitarem de perícia médica após o fim da pandemia serão notificados pelo INSS para novo reagendamento.