Projeto é instalar câmeras de segurança em pontos estratégicos da cidade; previsão é assinar convênio com governo federal e que novo modelo comece a funcionar em 120 dias.

O secretário municipal de Segurança Pública e Defesa Civil, Marcos Buzon Gonçalves, esteve nesta quarta-feira (7) em Brasília, na sede do governo federal, para formalizar o projeto “Muralha Digital”, que prevê a instalação de câmeras de monitoramento nas principais entradas da cidade e em pontos com grande concentração e passagem de veículos.

No encontro, Buzolin apresentou toda a documentação necessária, que agora será analisada pelos técnicos do Ministério da Justiça, para a assinatura oficial do convênio, que irá proporcionar a liberação de recursos para a implantação do projeto. Previsão de que o modelo comece a funcionar em pelo menos 120 dias.

O objetivo do monitoramento é reduzir os índices criminais, principalmente envolvendo o roubo e o furto de veículos. A “Muralha Digital” é integrada com sistemas de outras cidades da região com o objetivo de compartilhar informações de interesse comum.

De início, o projeto irá conter 32 câmeras com reconhecimento fácil e leitura de placas. Os novos equipamentos serão colocados em locais estratégicos, a partir do cruzamento de informações com índices criminais.

“Com esses recursos será possível fazer monitoramento 24 horas pelas forças de segurança da cidade, englobando a Guarda Civil Municipal, Polícia Civil e Polícia Militar. Também possibilita pessoas que já possuem sistemas de alarmes e câmeras de vigilância em suas residências de interagir com a Central de Monitoramento e Inteligência.

Ainda, com essa inovação nas entradas e saídas da cidade, vamos combater a criminalidade com mais eficácia, pois o ladrão ele chega com algum veículo e aí sim teremos condições necessárias de fiscalizar esses carros suspeitos. Algumas cidades do nosso interior já contam com esse sistema e apresentam, semestralmente, a diminuição dos índices de criminalidade”, comentou o secretário.


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here