Sem chuva há mais de 80 dias, nível do Rio Mogi Guaçu cai e muda cenário em Pirassununga, SP

Nível do rio em junho era de 79 centímetros e na quinta (17) estava em 19 centímetros.

Sem chuva há mais de 80 dias, o nível do Rio Mogi Guaçu, em Pirassununga (SP), está muito baixo (assista ao vídeo abaixo) e os moradores já percebem as mudanças no local. Em junho, o nível do rio era 79 centímetros e caiu para 50 centímetros no mês seguinte. Na quinta-feira (17), o nível chegou a 19 centímetros, segundo a Usina Hidrelétrica do Lobo.

clique na imagem e saiba mais

O zootecnista especialista em aquicultura Fábio Sussel explicou que o fenômeno é considerado natural neste período e sinaliza aos peixes que eles precisam iniciar o processo de maturação para terem uma reprodução eficiente. “Estamos saindo da estação seca e estamos muito próximos de entramos na estação chuvosa, que vai de outubro a março. Esse nível é aceitável. O que não é aceitável é a quantidade de esgoto não tratado que é lançado no rio”, alertou o especialista.

De acordo com ele, com o nível baixo do rio, o esgoto consome todo o oxigênio da água, afetando toda a vida aquática do Mogi Guaçu. “A ação do homem é um agravante. A sociedade já aceitou como normal não tratar esgoto. Então, a sociedade também tem culpa nisso no sentido de cobrar os seus políticos para que políticas públicas sérias sejam feitas para contornar essa situação”, ressaltou.

Segundo a previsão, deve chover pelo menos 7 milímetros na região nos próximos dias, o que, para o especialista, não resolve a situação. “Alivia, mas precisamos de 30, 40 milímetros para aliviar essa situação, senão poderemos ter mortalidade de peixes nos próximos dias”, disse.