Vida da cantora caipira é homenageada em “Oi lá, Inezita”.

O Teatro do Sesi Araraquara (SP) recebe neste no sábado (8) , às 20h, o espetáculo musical “Oi lá, Inezita”. A entrada é gratuita e os ingressos podem ser reservados pelo site do Sesi.

Cia. Cênica apresenta "Oi lá, Inezita" no Sesi de Araraquara (Foto: Divulgação/ Sesi)
Cia. Cênica apresenta “Oi lá, Inezita” no Sesi de Araraquara (Foto: Divulgação/ Sesi)

Em uma atmosfera envolvida pela música, dança e poesia, o espetáculo propaga os principais elementos da cultura popular brasileira e presta uma homenagem à grande Inezita Barroso. A montagem gira em torno de uma corajosa violeira que não acredita em um lugar definitivo para as coisas. A menina sai com destino a uma aventura pelo Brasil.

O espetáculo traz alguns dos personagens que a violeira apresenta nas músicas que interpretou e outros, que conheceu em seus encontros e viagens de pesquisa sobre nossas manifestações populares.

Inezita Barroso (Foto: Jair Bertolucci/site oficial)
Inezita Barroso (Foto: Jair Bertolucci/site oficial)

Inezita Barroso

Cantora, atriz, professora, pesquisadora, apresentadora e instrumentista, Inezita Barroso nasceu em 1925 e foi uma mulher à frente de seu tempo. Não hesitou em seguir a vocação artística voltada ao popular esse tornou uma das mais importantes figuras da cultura caipira brasileira. Ela ficou conhecida pela apresentação do tradicional programa “Viola, Minha Viola”. Inezita morreu em 2015, aos 90 anos.

“Oi lá, Inezita”

Sexta (7) e sábado (8), às 20h.

Teatro Sesi- Avenida Octaviano de Arruda Campos, 686 – Jd. Floridiana.

Classificação indicativa: Livre


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here