Setor de serviços recua 1% em junho e registra maior queda do ano

Desempenho negativo do setor foi notado nas 5 principais atividades analisadas.

O volume do setor de serviços registrou queda de 1% em junho, em comparação com o mês anterior. Em relação a junho de 2018, o recuo foi de 3,6%. A informação foi divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com o resultado, o ganho acumulado de 0,4% notado entre abril e maio foi eliminado. A taxa também é a pior para o mês desde 2015, quando o índice verificado foi o mesmo. Além disso, foi a queda mais intensa desde julho do ano passado, quando o volume reduziu 2,6%.

Apesar do cenário negativo de junho, no acumulado do ano, segundo o IBGE, o registro foi de crescimento de 0,6%. Nos últimos 12 meses, houve uma perda de ritmo de crescimento, de 1,1% em maio para 0,7% em junho de 2019.

O desempenho negativo do setor foi notado nas 5 principais atividades analisadas: serviços prestados às famílias, serviços de informação e comunicação, serviços profissionais, administrativos e complementares, serviços auxiliares aos transportes e correio e outros serviços.

Siga Beto Ribeiro Repórter e FATOS POLICIAIS no facebook, e fique por dentro de todas as novidades!