Sinalização do pedágio automático nas rodovias tem readequação

Anúncio
Clique na imagem. Link direto para Whatsapp

Cresce oferta de operadoras do serviço em SP, que passará a seguir o Manual de Sinalização do Contran, sem o logotipo das empresas.

O aumento no número de empresas que oferecem o serviço de pedágio automático nas rodovias sob concessão em São Paulo está fazendo com que sejam realizadas adequações na sinalização viária indicativa das pistas destinadas a essa modalidade de pagamento.

Desde 2011, o Governo do Estado vem adotando medidas para reduzir o custo da tecnologia utilizada no pedágio automático e, assim, ampliar a oferta de empresas e planos de serviços aos usuários.

No início desse trabalho, apenas uma operadora oferecia o serviço, atualmente são quatro. Ainda neste semestre entrará em operação a quinta prestadora de serviço autorizada a atuar no Estado. Atualmente, o sistema automático responde 57% do tráfego submetido aos pedágios.

Nas praças de pedágio, as placas de sinalização das pistas de pagamento automático têm o logotipo das diferentes empresas que prestam o serviço ao usuário. Com o aumento das operadoras, técnicos da ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) verificaram que o entendimento da sinalização pelos usuários poderia ser comprometido, devido à grande quantidade de informações inseridas nas placas.

Com o intuito de preservar a segurança viária, além de oferecer uma informação mais ágil, foi elaborado um projeto para substituição de toda a sinalização das pistas de pedágio automático. Serão trocadas as placas indicativas de 677 pistas destinadas a esse tipo de pagamento nas 158 praças de pedágio do Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo.

A troca da sinalização teve início em janeiro, com previsão de conclusão em março. Todo o trabalho está sendo realizado pela operadora Greenpass, que recebeu em setembro do ano passado autorização do Governo do Estado para prestar o serviço de pedágio automático na malha concedida estadual. A empresa deve iniciar operação ainda neste semestre.

Nas novas placas, as logomarcas das operadoras estão sendo substituídas pelo logotipo indicado pelo Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito, editado pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito). A substituição da sinalização já foi realizada integralmente nas praças de pedágio das rodovias operadas pelas concessionárias Ecovias, Tamoios, SPMar e Rota das Bandeiras. Nas demais 17 concessionárias o cronograma da Greenpass prevê a conclusão até o fim de março.

Benefícios aos usuários

Desde que o número de operadoras de pedágio automático aumentou em decorrência das medidas do Governo para abertura do mercado, o custo do serviço foi reduzido para o usuário. Passaram a ser oferecidos pacotes em que não há pagamento de adesão, foram criados planos pré-pagos, houve redução média das mensalidades e opções de serviços agregados – estacionamento em shopping, abastecimento de veículos, pontuação em programas de fidelidade.

Isso resultou em queda de 60% nos custos dos serviços oferecidos aos usuários. Atualmente existem mais de 4,4 milhões de TAGs de pedágio automático ativos.

Com o início da operação da Greenpass, passarão a ser oferecidos mais de 20 planos considerando todas as empresas. Além disso, a nova etapa do Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo prevê desconto de 5% nas tarifas de pedágio para os usuários do pagamento eletrônico.

O benefício já é oferecido na malha das concessionárias Entrevias e ViaPaulista com previsão de ser estendido para as próximas concessões de rodovias estaduais.

Para saber mais sobre os planos oferecidos pelas operadoras consulte os links abaixo:

Sem Parar: https://www.semparar.com.br/
Conectcar: http://www.conectcar.com
Move Mais: https://www.movemais.com
Veloe: https://veloe.com.br/
Greenpass – http://www.greenpass.com.br/