SINDSEPA participa de reunião sobre o “Plano de Retomada das Aulas Presenciais” no município de Araras, SP

Em linhas gerais, a representante da Secretaria explicou que estão realizando todos os esforços para que as aulas sejam retomadas no dia 22/02, tendo como condição para essa volta.

A diretora sindical na área da Educação e secretária no Conselho Municipal de Educação, Professora Eliana participou neste dia 10/02 de uma reunião extraordinária do Conselho que teve como assunto principal o “Plano de Retomada das Aulas Presenciais no Município”.  Com participação de diversos seguimentos da sociedade o Conselho, que é um órgão autônomo, deliberativo e consultivo, solicitou a reunião à Secretaria da Educação, pois até a presente data não havia sido comunicado formalmente sobre o Plano. Os conselheiros e cidadãos presentes à reunião fizeram inúmeros questionamentos à Secretária da Educação, que expôs os diversos pontos do Plano de uma forma mais detalhada.

Em linhas gerais, a representante da Secretaria explicou que estão realizando todos os esforços para que as aulas sejam retomadas no dia 22/02, tendo como condição para essa volta O RECEBIMENTO DE TODOS OS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL PELAS UNIDADES DE ENSINO.  A saber: máscaras de proteção, termômetros infravermelhos, tapetes sanitizantes, totens de álcool gel, avental e faceshield (para monitores educacionais). Além do recebimento de merenda adequada a cada faixa etária.  Outro fator objeto de discussão foi a estrutura das escolas para a realização do ensino remoto no ambiente de trabalho, pois A MAIORIA DAS ESCOLAS NÃO POSSUI WI FI, NEM NÚMERO ADEQUADO DE COMPUTADORES para a realização das atividades na plataforma virtual ou comunicação com os pais via grupos de Whatsapp. Quanto a isso a SME informou que está sendo contratado serviço de internet para todas as escolas, bem como o remanejamento de computadores de outros locais para as unidades defasadas, porém como não há garantia de que esse serviço estará nas escolas até o dia 22, há a possibilidade da realização de trabalho em homeoffice dos professores (nos dias destinados a esse tipo de atividade), bem como a realização dos HTPC’s de forma online.  Quando questionada a respeito dos surtos de Covid, que já vem ocorrendo nas unidades, a Secretária afirmou que o protocolo passado pela Vigilância Sanitária é afastar os funcionários positivos e manter a escola aberta. Mas quando houver a presença de alunos, o protocolo a ser seguido será outro.

O SINDSEPA fará o acompanhamento de cada detalhe, pois entendemos que as fragilidades deste plano de retomada ainda não foram superadas e que as decisões tomadas pela SME podem colocar a vida dos servidores em risco.  Também é de entendimento desta entidade que a prefeitura deve OFERECER CONDIÇÕES PARA QUE O PROFESSOR E DEMAIS SERVIDORES DA UNIDADE ESCOLAR, POSSAM REALIZAR SUAS ATIVIDADES EM SEU AMBIENTE DE TRABALHO, COM SEGURANÇA e sem que seja necessário o uso de seus recursos próprios para isso.

COVID NA EDUCAÇÃO: MAIS CASOS POSITIVADOS
Ainda pela manhã, o SINDSEPA realizou visita a Unidade Escolar Maria de Lourdes Mattar, pois fomos informados de um novo surto da doença na EMEI.  Foi constatado que 2 servidores estão contaminados, o que aumenta o número de contaminados na Educação.
Mesmo sem a presença de alunos os casos estão aumentando.  A escola segue aberta, atendendo aos pais e colocando assim, toda a população em risco.

O que reforça mais uma vez a nossa luta pela VOLTA ÀS AULAS COM SEGURANÇA.  E ISSO SÓ ACONTECERÁ COM VACINA PARA TODOS OS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO.

clique na imagem e saiba mais