Só 17,3% das pessoas entre 30 e 49 anos tomaram a vacina contra o sarampo em Araras, SP

Campanha segue até o dia 30 de outubro nas seis salas de vacina da rede municipal; até o momento, apenas 6.279 das 36.279 pessoas desta faixa etária foram imunizadas na cidade.

Poucos moradores de Araras (SP) procuraram as salas de vacina da rede municipal para receber a dose da vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba, durante a campanha nacional de imunização.

Até o momento, apenas 6.279 dos 36.279 ararenses que têm entre 30 e 49 anos foram vacinados, o equivalente a 17,3% do total que precisa ser imunizado. As vacinas são destinadas a pessoas desta faixa etária, mesmo que já tenham sido imunizadas anteriormente.

clique na imagem e saiba mais

A campanha de vacinação contra o sarampo foi prorrogada até o dia 30 de outubro, em todo o Estado de São Paulo. O objetivo é aumentar a cobertura vacinal em adultos na faixa de 30 a 49 anos, mas também é uma oportunidade para colocar em dia a situação vacinal de crianças de 6 meses a adultos de 29 anos.

A imunização acontece de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 15h30, no PAM Antônio Carlos Fabricio (José Ometto 1), PSF Edmundo Ulson (Parque Tiradentes), UBS Ênio Vitalli (Jardim Piratininga), PSF Madre Carla Rabolin (Jardim Alvorada), PAM Oswaldo Salvador Devitte (Narciso Gomes) e Centro  Saúde II Dr. João Geraldo Noronha (ao lado do Corpo de Bombeiros).

O Ministério da Saúde alerta a população quanto à importância da vacinação contra o sarampo, mesmo com a pandemia da covid-19. O sarampo é uma doença grave e de alta transmissibilidade. A disseminação do vírus ocorre por via aérea ao tossir, espirrar, falar ou respirar. Neste caso, não é necessário o contato direto porque o vírus pode se disseminar pelo ar.

Em caso de suspeita ou dúvidas, os ararenses podem entrar em contato com o setor de Vigilância Epidemiológica da Secretária Municipal de Saúde pelo telefone 3543-1522.