Subinspetora da GCM, Valdirene, morre em decorrência da Covid-19 em Araras, SP

Servidora da Prefeitura Municipal há 27 anos, com uma extensa folha de serviços prestados à sociedade ararense, Valdirene era vista como uma profissional que sempre atuou com entusiasmo e seriedade no trabalho, atendendo com presteza toda a população.

O dia amanheceu triste e ficamos atônitos com a notícia do falecimento na manhã deste sábado (17), no Hospital São Luiz, da subinspetora Valdirene Zago, da Guarda Civil Municipal de Araras (SP), em decorrência da Covid-19. Ela estava fazendo parte da retomada da Patrulha Maria da Penha, ao lado do GCM Cristovão, parceria que a deixou muito feliz e agradecida. Assista abaixo a última matéria feita pela nossa reportagem, poucos dias depois ela foi internada.

Ela perdeu a vida enfrentando a doença, garantindo a organização e a segurança dos órgãos públicos municipais nesse momento de pandemia, sendo, portanto, uma perda irreparável para a Guarda Civil Municipal, disse um dos seus companheiros de farda. 

Servidor da Prefeitura Municipal há 27 anos, com uma extensa folha de serviços prestados à sociedade ararense, Valdirene era vista como uma profissional que sempre atuou com entusiasmo e seriedade no trabalho, atendendo com presteza toda a população. Ela deixa o esposo Ederaldo Zago e seu filho, Henrique Zago (foto abaixo), além de familiares e amigos.

Valdirene, ou “Val” como era carinhosamente chamada, também era reconhecida por seus companheiros na Guarda Civil Municipal como amiga, companheiro, de conduta social exemplar, contando sempre com o respeito e a consideração de todos. Nossa reportagem falou por telefone com o inspetor Chieregatto – Secretário Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil, que lamentou o ocorrido. Ouça abaixo:

Sobre a pandemia

Dados Oficiais, atualizados pela Vigilância Epidemiológica na tarde desta sexta-feira (15), confirmaram mais três mortes, totalizando 265 óbitos em decorrência da Covid-19. Os dados sobre os pacientes não foram divulgados.

A cidade soma 12.620 infectados desde o início da pandemia. Há 90 pessoas internadas, sendo 48 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), somando dados da Santa Casa de Misericórdia e do Hospital Unimed.

Ainda de acordo com o boletim oficial (acompanhe abaixo), 120 pessoas estão aguardando resultados dos exames e 286 estão em isolamento domiciliar. 

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT