SUS amplia distribuição de canetas de insulina para pacientes com diabetes

29/08/2017- Bahia- Bahiafarma é o primeiro laboratório do Nordeste a produzir insulina. Foto Mateus Pereira/GOVBA
PUBLICIDADE

Segundo Nota Técnica, jovens com até 19 anos ou adultos a partir de 45 anos podem receber o medicamento nos postos ou nas unidades básicas de saúde (UBS).

Ministério da Saúde, através da Nota Técnica Nº 169/2022, ampliou a faixa etária de pacientes com diabetes tipo 1 e 2 que poderão ter acesso gratuito acesso gratuito à canetas de insulina que são disponibilizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Além das pessoas com até 19 anos, adultos que tenham mais de 45 anos também poderão receber o medicamento em postos ou Unidades Básicas de Saúde (UBS), desde que apresentem indicação ou receita médica.

PUBLICIDADE

Com a ampliação, 70% dos pacientes com indicação de insulina terão acesso à caneta e a previsão do Ministério é de que 100% das pessoas sejam atendidas em 2023. O equipamento é considerado o principal método de tratamento para diabetes tipo 1 e 2. Para aumentar a informação sobre a disponibilidade do medicamento, a campanha Caneta da Saúde está visitando diversas cidades do Brasil.

A iniciativa é uma parceria entre a Associação de Diabetes Juvenil (ADJ), a Associação Nacional de Atenção ao Diabetes (ANAD), o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e a Novo Nordisk. Nos dias 4 e 5 de agosto, a campanha passará por Osasco. Ao todo, serão visitadas 20 cidades, como São Bernardo do Campo, Criciúma e Florianópolis.

PUBLICIDADE
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP