Suspeito de participar da morte de empresário é preso e R$ 22,5 mil são apreendidos em Rio Claro, SP

PUBLICIDADE

Dinheiro estava escondido no painel do carro dele. Juliano Gimenes Medina foi morto com mais de 20 tiros, na quarta-feira (8). O veículo dele foi fechado por 6 criminosos que usaram fuzil.

Um homem suspeito de participar do assassinato de um empresário na quarta-feira (8), em São Pedro (SP), foi preso na quinta-feira (9), em Rio Claro, segundo a 3ª Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) e 2ª Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise). Nesta sexta-feira (10), a polícia apreendeu R$ 22,5 mil escondidos em um carro dele.

Prisão

Após a prisão em flagrante de um homem por porte de munições em Rio Claro na quinta, policiais do 3º DHPP iniciaram investigações. Com ele, foram encontradas munições, carregador de pistola, cerca R$ 12 mil em dinheiro e um veículo Gol. A polícia não informou em que circunstâncias ele foi preso.

A Polícia Civil pediu a prisão temporária dele por suspeita de envolvimento na morte de Medina e a Vara de Criminal de São Pedro decretou. Não foram detalhadas informações sobre qual a participação dele no crime.

Durante a investigação, foi levantada a suspeita de que o veículo Gol do homem tinha um compartimento secreto. Foi solicitado apoio para equipe da 2ª Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), da Divisão Especializada em Investigações Criminais (Deic), para busca com cão farejador.

PUBLICIDADE

O cão Eagle apontou odor de substância entorpecente no painel do veículo. No local foi encontrado um ‘painel cofre’ que foi arrombado. Foram localizados três pacotes de dinheiro, que totalizaram R$ 22.500 em notas de R$ 2, 5, 10. A quantia foi apreendida e a origem vai ser investigada.

Assassinato de empresário

De Ponta Porã (MS), o empresário Juliano Gimenes Medina também era veterinário e tinha propriedade na cidade da região de Piracicaba.

Imagens de câmeras de segurança mostram quando o veículo utilitário que ele dirigia, um Jeep Comander OVR, foi fechado por dois carros, um HB20 e um Fox, ocupados por seis criminosos.

Depois de bloquearem a passagem, eles saem com armas de alto calibre e realizam uma série de disparos.

PUBLICIDADE
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP