Tem algum banco que financia compra de imóvel 100%?

No Brasil, um dos bancos para financiar imóveis mais famosos é a Caixa Econômica Federal.

A casa própria faz parte das metas de muitas pessoas que sonham em poder ter um canto personalizado de acordo com os seus gostos e necessidades. Entretanto, para saber se um banco possui o melhor financiamento é necessário ter atenção às condições, juros e prazo oferecidos por ele. 

No Brasil, um dos bancos para financiar imóveis mais famosos é a Caixa Econômica Federal, porém, nesse mesmo cenário existem outros programas de financiamento que contam com oportunidades bastante interessantes para serem analisadas antes de tomar a sua decisão.

O mercado imobiliário foi aquecido através da alta procura por financiamentos em diversas localidades, mesmo durante a pandemia. Existem muitas propostas no mercado  como por exemplo das imobiliárias em São Paulo que estão adotando estratégias para facilitar o processo para os clientes.

Por isso, se você possui dúvidas e quer conhecer mais sobre qual o melhor banco para financiar um imóvel, esse artigo é para você.

Como financiar um imóvel?

Geralmente para dar início ao processo de financiar seu imóvel, é necessário primeiramente tirar dúvidas com uma construtora, instituições relacionadas ou apostar em apartamentos de planta, por exemplo. As construtoras costumam ter um processo mais flexível, principalmente quando se tratam das etapas de pagamento. 

Atualmente uma das formas mais populares de financiar um imóvel é através do programa Minha Casa Minha Vida, que recebeu uma atualização de nome para Casa Verde e Amarela. O processo da instituição costumava ser feito com base na renda mensal de R$2 mil, garantindo ao cliente até R$40 mil em subsídio, dependendo da localidade e condições do imóvel.

Qual banco financia 100% o imóvel?

Dos bancos mais conhecidos, a Caixa Econômica Federal é uma das instituições mais buscadas para financiar um imóvel, justamente por ser um dos bancos que oferecem condições de até 90%. O banco também é popular por realizar feiras voltadas para imóveis em geral e incluir algumas vantagens, por conta disso continua sendo um dos mais recomendados pelo público.

É importante ressaltar que no início deste ano, a Caixa Econômica Federal obteve um recorde de crédito imobiliário, superando em quase 36% o ano de 2020. Segundo a instituição, foram em torno de R$ 65,4 bilhões concedidos para financiamento de imóveis em todo o país, com junho sendo o auge desse aumento, contando com o total de 13,1 bilhões contratados.

Além disso, também existe o financiamento por meio do BB Crédito Imobiliário, programa de financiamento do Banco do Brasil que possibilita cobrir até 80% do valor. Inclusive, em caso de imóveis residenciais, o banco oferece a vantagem de utilizar até mesmo o FGTS para abater o valor do financiamento.

Quais as taxas de financiamento de um imóvel?

Os bancos mais populares no Brasil contam com programas de financiamento bastante interessantes, mas que acabam tendo algumas diferenças, geralmente com relação às taxas disponíveis e principalmente às vantagens oferecidas na hora de concluir o financiamento. Portanto, é importante conhecer essas diferenças a fim de escolher o que melhor se encaixa às suas necessidades.

  • Banco Bradesco – 6,90% ao ano + TR
  • Caixa Econômica Federal  – 7,60% ao ano + TR
  • Banco do Brasil  – 7,69% ao ano + TR
  • Banco Inter  – 8,50% ao ano + TR
  • Banco Itáu – 6,90% ao ano + TR
  • Banco Santander  – 6,99% ao ano + TR

 

Em questão de oferecer benefícios aos clientes, o Itaú se destaca em termos de acessibilidade ao público, justamente por oferecer a vantagem de fazer o processo através da internet e também de forma presencial, caso preferir. 

 Qual a melhor taxa de financiamento imobiliário? 

A fim de melhorar a experiência do cliente, o banco Itaú se diferencia dos outros por disponibilizar em seu site oficial um recurso para solicitar uma simulação completa do financiamento de acordo com os valores disponíveis para a entrada, prazo de financiamento e seleção entre duas seguradoras, Itaú Seguradora e Tokio Marine Seguradora.  

Inclusive, a instituição fez uma redução considerável na taxa de financiamento, antes custando em média 8,10%, agora a taxa foi ajustada para 6,90%.

Conclusão

É importante analisar todas as alternativas disponíveis no mercado imobiliário antes de fechar a melhor opção de financiamento, principalmente se mantendo atento em relação ao valor combinado para as parcelas e buscando entender como os juros vão ser aplicados ao processo. O motivo é bem simples, pois geralmente quanto mais longo for o tempo definido para o parcelamento, maior será a taxa relacionada aos juros.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT