Teste de DNA confirma que menina de 12 anos engravidou do próprio pai em Limeira, SP

O laudo, que chegou nesta sexta-feira (28), confirmou a paternidade da criança: trata-se do repositor de 41 anos, pai da vítima; ele sempre negou o crime à polícia.

Polícia Civil de Limeira (SP) confirmou na tarde desta sexta-feira (28) que foi o próprio pai quem estuprou e engravidou uma menina de 12 anos, moradora do bairro Boa Vista. O caso veio à tona em março, quando o pai foi preso após a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) investigar as denúncias de abusos que a garota sofria.

Com gravidez avançada, a Justiça chegou a autorizar um aborto do bebê e um teste de DNA foi realizado. O laudo, que ficou pronto nesta sexta-feira (28), confirmou a paternidade da criança: trata-se do repositor de 41 anos, pai da menina. Ele sempre negou o crime.

O caso é de responsabilidade do delegado Danilo Broetto. “O material genético mostra 99,9% de chances de o genitor da menina ser o pai do bebê”, disse o delegado, que informou também que o repositor chegou a inventar que a filha estaria se relacionando com um homem que poderia ser o pai do bebê – o que já foi descartado pelas investigações. Para mais detalhes acesse: https://elimeira.com.br.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT