Time quer acompanhamento psicológico de alunos após prisão de técnico suspeito de pornografia infantil

Professor de educação física de 28 anos foi preso por suspeita de pedir fotos nuas a adolescentes em troca de vagas em equipe de futebol americano em Ribeirão Preto (SP).

Os alunos do time de futebol americano do treinador preso por suspeita de pornografia infantil em Ribeirão Preto (SP) serão encaminhados para acompanhamento psicológico, informou o presidente do RP Alligators, Jom Tormena. “Peço desculpas. Eu sou tão vítima quanto e queria entender mais a fundo o que está acontecendo”, disse.

Técnico do time, o homem de 28 anos é professor de educação física e é alvo de um inquérito policial instaurado pela Delegacia da Mulher depois que familiares de alunos que fazem parte do time procuraram a Polícia Civil com relatos de assédio. A suspeita é de que ele pedia fotos de adolescentes nus em troca de vagas no time.

Tormena pede que os pais procurem a polícia e apresentem denúncias para que o caso seja esclarecido. Segundo ele, o fato é vergonhoso. “Eu peço encarecidamente. Todos os pais que tiveram qualquer tipo de denúncia relacionadas a isso. Tragam seus filhos e suas filhas para conversar aqui na delegacia. Porque, se realmente houver provas, e ele for comprovadamente culpado, deve ser punido. Nós do time vamos sim fazer um acompanhamento psicológico com todas as crianças para entender o que está acontecendo.”

clique na imagem e saiba mais
Polícia apreende celular de treinador suspeito de pedir ‘nude’ a adolescentes em troca de vaga em time de futebol de Ribeirão Preto — Foto: Michelle Souza/CBN Ribeirão Preto

Pornografia infantil

O professor de educação física foi preso na segunda-feira (23) em Ribeirão Preto (SP) por suspeita de pedir fotos de adolescentes nus em troca de vagas em um time de futebol americano do qual é treinador. Além da prisão, a Justiça autorizou a apreensão de celulares e equipamentos eletrônicos do professor. Os mandados foram cumpridos na casa do suspeito.

A Polícia Civil instaurou inquérito por estupro e pornografia infantil. De acordo com a Polícia Civil, em uma das conversas pelo celular, o técnico chegou a pedir para um adolescente se inscrever na seletiva após recusar enviar uma foto sem roupa em troca da vaga.

Em outro caso, o treinador teria agarrado, segurado à força um adolescente e dado um beijo na boca dele, de acordo com a delegada Patrícia de Marine Buldo, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). (Com informações do G1 Ribeirão Preto e Franca)

Polícia apreendeu celulares e equipamentos eletrônicos de técnico de futebol americano suspeito de assediar alunos em Ribeirão Preto — Foto: Reprodução/EPTV