Homem foi preso em Alfenas nesta terça-feira (12); ele estaria fornecendo armamento para quadrilhas de Campinas (SP).

Um torneiro mecânico foi preso nesta terça-feira (12) em Alfenas (MG) suspeito de fabricar armas dentro de casa. Segundo as investigações, ele abastecia quadrilhas do Estado de São Paulo. A operação para prender o suspeito contou com uma força-tarefa de policiais de Alfenas e de Campinas (SP).

De acordo com a polícia, o homem cobrava cerca de R$ 5 mil por arma, e apesar de serem produzidas de forma artesanal, elas eram extremamente potentes. Além de três metralhadoras, a polícia encontrou dinheiro, celulares e 15 réplicas de armas. Entre elas, um fuzil.

Um carro que seria usado para transportar as metralhadoras até Campinas, também foi apreendido. Segundo a polícia, um outro homem que seria o responsável pela entrega do arsenal aos criminosos aparece em imagens carregando uma caixa com as armas. No esquema, os criminosos iam até Alfenas testar o produto antes de fechar o negócio.

A polícia começou a investigar o torneiro mecânico em março do ano passado, quando criminosos trocaram tiros com policiais militares em Campinas. Na época, as armas apreendidas com os criminosos tinham as mesmas características das encontradas nesta terça-feira. O torneiro mecânico e o homem que faria o transporte das armas foram levados para o presídio em Alfenas.