TRAGÉDIA FAMILIAR: Filho bate na traseira do caminhão do pai e morre junto com a esposa

Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal de Curitiba. A Polícia Rodoviária Federal apura as circunstâncias do acidente.

 
Marido e esposa acabaram morrendo em um trágico acidente na BR-116, nas proximidades de Curitiba, capital do Paraná, quase na divisa com São José dos Pinhais. Foi um engavetamento envolvendo 4 caminhões que ocorreu na tarde desta quinta-feira (13).
 
De acordo com testemunhas, Jetro Mattos, pai, seguia com seu caminhão quando acabou colidindo na traseira de uma carreta que estava logo a sua frente e já tinha se envolvido em um acidente com uma primeira carreta. O seu filho Gerson Mattos e a esposa de Gerson, Patrícia Abreu, que seguia logo atrás em outro caminhão, também acabaram não conseguindo frear a tempo onde colidiram em cheio com o caminhão no qual estava o pai.
 
Gerson e Patrícia acabaram ficando preso entre as ferragens e morreram no local. O pai sofreu ferimentos moderados, recebeu os primeiros atendimentos mas recusou ser encaminhado ao hospital. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal de Curitiba. A Polícia Rodoviária Federal apura as circunstâncias do acidente.
 
Um capitão do Corpo de Bombeiros que atendeu as vítimas confirmou que os dois mortos e um homem ferido eram da mesma família. “Foi uma colisão, um engavetamento com três veículos, caminhões, o veículo do meio era conduzido pelo senhor que é pai do motorista que estava atrás, e estava a esposa dele. A gente ainda não sabe como ocorreu, o motivo desta frenagem de repente, mas constatamos duas vítimas em óbito. A vítima que estava na frente, o pai, a gente deu o atendimento, ele está bem clinicamente, estável, a princípio esperava-se um pouco mais de cuidado pela cinemática do trauma, no entanto, em conversa, e uma análise realizada pela equipe, a gente constatou que ele está bem e recusou encaminhamento para o hospital”, explicou o capitão.
 
FAMÍLIA
 
Gerson e Patrícia moravam juntos há 17 anos. Eles tinham dois filhos, de 14 e 17 anos. Jetro e Gerson, os dois tinham um carinho grande um pelo outro, pai e filho que acabaram sendo separados desta forma trágica.
 
No local, o pai estava inconsolável ao perder o filho e a nora no acidente. Um tio do homem que morreu afirmou que a família saiu de São Paulo às 3h e estava chegando em casa, no bairro Caiuá, em Curitiba, quando a colisão aconteceu, a cerca de 10 quilômetros da residência. “A vida deles era essa, trabalhavam com caminhão a vida toda, moravam aqui no Caiuá, muito triste, muita tragédia”, disse ele.
 
A morte gerou comoção entre familiares e amigos que prestaram homenagens e condolências em suas redes sociais. 

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP