Treinador é preso ao pedir ‘nudes’ a adolescentes em troca de vagas em time de futebol

Polícia Civil apreendeu celular do professor de educação física e encontrou conversas em que ele pede fotos a meninos interessados em ingressar em equipe de futebol americano.

Um professor de educação física de 28 anos foi preso nesta segunda-feira (23) em Ribeirão Preto (SP) aos pedir fotos de adolescentes nus em troca de vagas em um time de futebol americano do qual é treinador.

A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o professor depois diz que foi procurada na última semana por familiares de dois alunos que fazem parte do time com relatos de assédio.

clique na imagem e saiba mais

“Vimos conversas onde ele fala que, caso o adolescente mande um ‘nude’, que é aquela foto sem roupa, ele tem uma vaga no time. Quando o adolescente recusa, ele fala para que faça a inscrição”, diz a delegada Patrícia de Marine Buldo, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). “Em outro caso, ele teria agarrado, segurado à força um adolescente e dado um beijo na boca dele.”

A delegada pediu à Justiça autorização para apreender o celular e outros equipamentos eletrônicos do professor. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos na casa do indivíduo. Os aparelhos foram levados à DDM e já começaram a ser analisados.

“Ele não esperava nossa ação, porque fizemos tudo sob sigilo. Olhamos o celular dele e, de cara, já vimos algumas fotos bem suspeitas, onde adolescentes apareceriam sem camisa. Também vimos fotos de crianças em poses sensuais, inclusive uma foto de um pênis infantil, e ele foi preso por isso.”

A delegada diz que a análise nos equipamentos apreendidos pode ajudar a localizar outras possíveis vítimas. O professor é investigado por estupro, pela suspeita de ter beijado o adolescente à força, pornografia infantil e pedofilia.

Assim que a investigação for encerrada, o inquérito será encaminhado ao Ministério Público (MP), que avaliará a denúncia à Justiça. “Os meninos estão traumatizados, porque confiam no treinador. O treinador de futebol, para o adolescente, tem um lado de confiança. Quer dizer, ‘meu talento no futebol não importa. O que importa é eu te mandar uma foto e satisfazer sua lasciva'”, diz Patrícia.