Triatleta atacado por pitbulls recebe enxerto no pé com pele tatuada: ‘Achei muito engraçado’

PUBLICIDADE

Após procedimento, perna de corredor desenhado na panturrilha de Tiago Ferranti Belloube foi parar no pé dele.

O triatleta Tiago Ferranti Belloube, de 41 anos, que levou mais de 50 mordidas de pitbulls enquanto treinava na zona rural de Leme (SP), recebeu um enxerto no pé com uma parte da pele da panturrilha que tinha uma tatuagem durante uma das cirurgias em Ribeirão Preto (SP).

Por conta disso, o desenho de um corredor na perna ficou sem uma parte e o pé, que não tinha tatuagem, ganhou uma pequena ilustração, que vai ficar no membro para sempre.

Segundo Belloube, o enxerto com essa parte foi feito exatamente no local onde tinha a tatuagem por conta de uma veia e uma artéria que são necessárias para irrigar a outra parte.

PUBLICIDADE

Assim, os médicos retiraram todo um conjunto de veia, artéria, músculo e pele da panturrilha e colocaram no pé. A situação inusitada foi encarada por ele com descontração.

“Eu tenho uma tatuagem que é um desenho de um corredor, aí o médico pegou justamente a perna direita desse corredor e pôs lá embaixo no pé. Eu achei muito engraçado. No início eu brinquei ‘pô, o médico está fazendo de sacanagem’, mas depois eu vi que não tinha jeito para esse tipo de cirurgia assim”, brincou.

O enxerto de pele foi uma das três cirurgias que passou por conta do ataque. Agora, Ferranti se recupera em casa e retorna ao hospital duas vezes na semana para limpar as feridas, trocar os curativos e checar a cicatrização.

PUBLICIDADE
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP