Troféu Valdir Moreira chega à terceira edição em Americana, SP

Evento homenageia jornalista e conta com um amistoso entre imprensa e membros do poder público.

O Troféu Valdir Moreira chega à terceira edição no próximo dia 22, em Americana, a partir das 9 horas. O evento leva o nome de
um renomado jornalista da cidade, que morreu em 2017, e consiste numa partida de futebol entre profissionais ligados à imprensa e ao poder público americanense.

O amistoso será na Escola de Goleiros Camisa 1. Paralelamente ao jogo, também há uma arrecadação de fraldas geriátricas para o Asilo São Vicente de Paulo, localizado em Santa Bárbara d’Oeste (SP), e para o Fundo Social de Solidariedade de Americana (SP).

Interessados em contribuir com a doação podem entrar em contato com os organizadores Guilherme Magnin, pelo telefone (19) 9-9234-9229, e Alex Ferreira, pelo (19) 9-9161-8997.

“São dois objetivos: prestar homenagem e fazer o bem”, disse Magnin. O evento também conta com a colaboração de Wilma Moreira, irmã de Valdir, e apoio dos Supermercados São Vicente.

Familiares de Valdir marcarão presença na partida. Nos anos anteriores, o troféu foi conquistado pelo time do poder público. A equipe venceu por 2 a 1, m 2017, e por 10 a 2 em 2018.

“Faz dois anos que Valdir Moreira morreu, e ele faz muita falta em nosso meio. A imprensa da região, em geral, ainda lamenta essa perda”, afirmou Magnin.

Sobre a morte

O radialista Valdir Moreira, da Rádio Azul Celeste de Americana (SP), foi encontrado morto na manhã deste domingo (10/09) na residência onde morava em Santa Bárbara d´Oeste (SP), pelo Corpo de Bombeiros. Ele tinha 47 anos.

Os bombeiros informaram que há indícios de morte natural, já que não havia sinais de violência e nem de arrombamento na residência do repórter policial. Na página da rádio nas redes sociais, a Azul Celeste informou que ele teve um infarto fulminante.

O prefeito de Americana, Omar Najar (PMDB), se manifestou pelas redes sociais sobre o jornalista que faleceu neste domingo.

“Foi com pesar que recebi a notícia do falecimento do jornalista da Rádio Azul, Valdir Moreira. Mais que um repórter, Valdir era um grande amigo e um grande homem . Minhas condolências aos familiares e amigos que ele deixou”, escreveu o prefeito.

No fim da tarde o corpo do radialista foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para exames, e enterrado no Cemitério da Saudade, em Americana.