UM ANO DA MORTE DO CGM JAIRO É LEMBRADO PELO COLEGAS DA "FARDA AZUL"

​Nesta quarta-feira (17), fez exatamente um ano da morte do CGM Jairo. Uma péssima recordação para seus amigos integrantes da Guarda Civil Municipal de Araras/SP, que estão prestando uma homenagem ao guerreiro “Sangue Azul”.

Jairo Armando Christofoletto era guarda municipal desde a década de 1990. Aprovado em concurso público realizado pela Prefeitura no dia 11 de agosto de 1995 para ocupar o cargo de GMV (Guarda Municipal Vigilante). Sua competência contribuiu pela rápida promoção e no dia 14 de maio de 1999 ele foi promovido guarda municipal de terceira classe, quando passou a usar a tradicional “farda azul”, e trabalhava no setor de manutenção de viaturas.

clique na imagem e saiba mais

CRIME

Segundo a Polícia Militar, Jairo Armando Christofoletto estava de folga quando foi alvejado e morreu na frente de sua residência, no bairro José Ometto II.


O caso aconteceu por volta das 19h30, do dia 17 de maio de 2.016. De acordo com informações da PM, dois homens passaram em frente à residência em uma Honda Biz preta e um deles atirou diversas vezes contra Christofoletto.


O guarda foi atingido, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Seu corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Limeira e sepultado às 17h no Cemitério Municipal de Araras, no dia seguinte.


O enterro foi realizado sob forte comoção de todos os colegas e familiares. Principal suspeito do assassinato de guarda municipal foi preso na Bahia no dia 16 de julho de 2.016.


*COMPARTILHE ESTA INFORMAÇÃO E CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK PARA FICAR POR DENTRO DAS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DE ARARAS E REGIÃO ALÉM DE CONTEÚDOS EXCLUSIVOS