O Jornal Tribuna do Povo, depois de quase 130 anos ininterruptos, anuncia o fim da publicação impressa. 

Um dos jornais mais antigos do Brasil e do mundo em circulação, anunciou em sua edição deste sábado (04) o fim da sua publicação impressa. O jornal Tribuna do Povo, nasceu junto com Araras (SP), e durante 126 anos foi uma referência pelo jornalismo ético e imparcial.

Se olharmos para cenário nacional e internacional também registram-se sucessivos fechamentos de jornais, seja nos EUA ou na Europa. No Brasil, especialistas preveem a continuidade desta trágica tendência de falência de jornais, de redução de postos de trabalho e de lamentável estreitamento das fontes informativas.

Comecemos nos indagando se o mercado será capaz de evitar o fechamento dos jornais, o desemprego de jornalistas e gráficos e a concentração da informação em poucas empresas. Não tem sido. Ao contrário, o mercado tem se tornado cada vez mais cartelizado, cada vez menos concorrencional, inclina-se notavelmente para o oligopólio, devasta as esperanças dos que ainda sonhavam com um jornalismo com capilaridade, com regionalização, capaz de assegurar informação diversificada, plural e acessível a todo os brasileiros.


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here