Universitária morre após ser atingida por moto que era perseguida pela PM no interior de SP

PUBLICIDADE

Motociclista desrespeitou ordem de parada e, após perseguição, bateu na moto da jovem Jhennifer Vitória Ribeiro, de 22 anos, na sexta-feira (17). Ele foi preso por homicídio culposo.

Um acidente envolvendo duas motos matou uma universitária de 22 anos, na madrugada desta sexta-feira (17), em São João da Boa Vista (SP). Uma câmera de segurança flagrou o momento da colisão.

O acidente aconteceu após uma perseguição da Polícia Militar a um motociclista, que colidiu contra a moto de Jhennifer Vitória Ribeiro. Ele foi preso. Segundo a Polícia Militar, por volta de 0h10, policiais tentaram abordar um homem em uma moto na Avenida Dona Gertrudes. Ele não obedeceu a ordem de parada e uma perseguição se iniciou.

PUBLICIDADE

O motociclista desceu a Rua General Osório e atingiu a moto de Jhennifer, que passava no cruzamento com a Avenida Ademar de Barros. O causador do acidente sofreu lesões leves e fraturou o braço. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestou atendimento e ele foi liberado em seguida.

Ele foi preso em flagrante por homicídio culposo (sem intenção de matar) na direção do veículo e está à disposição da Justiça na cadeia de São João da Boa Vista (SP). A identidade dele não foi divulgada.

Jhennifer era estudante de pedagogia no Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino (Unifae). A universidade lamentou a morte e prestou uma homenagem à jovem por meio de uma publicação na página do curso. O corpo dela foi enterrado na tarde de sexta, no Cemitério Municipal de São João da Boa Vista.

PUBLICIDADE
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP