Univesp: Projeto Integrador usa QR Code para resgatar história da cidade de Rio Claro, SP

Iniciativa de estudantes de Engenharia da Computação da universidade aplica a tecnologia em prédios históricos do município.

O Projeto Integrador dos estudantes de Engenharia de Computação Antonio Ricardo Spicka, Djony Carrilho, João Paulo Bonaldo, Kátia Maria Monteiro e Marina Letícia do Nascimento, do polo de Rio Claro (SP) da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), teve como proposta, no último semestre, a melhoria de espaços públicos.

Para trabalhar o tema, o grupo concluiu que deveria elaborar um plano para preservar a história do município, que possui 189 anos de fundação, e valorizar os prédios históricos. Associados à tecnologia, eles desenvolveram o Projeto Integrador “Imersão do cidadão na história dos espaços públicos de Rio Claro através de QR Code”, com tutoria de Mariana Xavier.

A iniciativa consiste em fixar placas com códigos de barras bidimensionais em pontos estratégicos da cidade, que podem ser lidos por qualquer aplicativo de celular e exibir informações completas sobre o local.

clique na imagem e saiba mais

O grupo selecionou, a princípio, oito espaços para a aplicação dos QR Codes: Igreja da Matriz São João Batista, Irmandade da Santa Casa de Misericórdia, Estação Ferroviária, Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade: Museu do Eucalipto, Mercadão Municipal, Solar Dona Luiza Barreto Rinaldi: Escola Técnica Estadual Armando Bayeux da Silva, Solar da Baronesa de Dourados: Museu Histórico e Pedagógico Amador Bueno da Veiga e Praça Dalva de Oliveira.

Desafio

De acordo com o grupo, todos os lugares foram escolhidos pela relevância histórica, destaque na paisagem arquitetônica e por serem áreas de grande circulação de pessoas. A turma acredita que a imersão na história desses marcos acaba por agregar valor cultural ao cidadão, que pode passar despercebido em sua rotina.

O desafio do grupo é fazer com que os moradores não esqueçam da origem da cidade e de seus prédios históricos. “Esperamos despertar o sentimento de curiosidade quanto ao passado do município e, futuramente, com a expansão do projeto para outros pontos, resgatar a história completa da cidade de Rio Claro”, conclui o aluno Antonio Ricardo Spicka.

O trabalho dos estudantes da Univesp foi feito totalmente online. Os interessados podem conferir o vídeo do Projeto Integrador pela internet.