Uso racional da água é a solução para a preservação desse recurso

Racionalizar o uso da água não significa ficar sem ela. Significa usá-la sem desperdício. Considerá-la uma prioridade social e ambiental, para que a água tratada e saudável nunca falte em nossas torneiras.

Racionalizar o uso da água não significa ficar sem ela. Significa usá-la sem desperdício. Considerá-la uma prioridade social e ambiental, para que a água tratada e saudável nunca falte em nossas torneiras.

A falta de água é um somatório de fatores; primeiramente é a questão da distribuição; em segundo lugar, a concentração de propriedades próximas às nascentes e por último, o uso de forma inadequada. O gasto de água é elevado e poderia ser reduzidos pela aplicação de alguns métodos de uso racional.

LEIA TAMBÉM: Presidente do Saema se reúne com diretores da Usina São João para tratar de estiagem em Araras, SP

Segundo a Agência Nacional de Águas (ANA), ao se pensar no consumo, é preciso tentar mudar a consciência do usuário para hábitos simples como na hora do banho, evitar deixar o chuveiro ligado; ao lavar uma louça não deixar a torneira aberta constantemente.

Na medida em que se consegue reduzir o volume de água gasto nas atividades diárias, menos esgoto é produzido. O consumo exagerado gera degradação ambiental, pois ao se abrir uma torneira, não estamos apenas consumindo água, mas também alimentando toda a rede de esgoto.

Pequenos cuidados fazem muita diferença na conta e na minimização do desperdício. Devemos visar o uso racional da água no cotidiano através de iniciativas que tenham como objetivo reduzir o seu consumo e estimular a adoção de novas atitudes e comportamentos.

LEIA TAMBÉM: Saema e Prefeitura Municipal podem estabelecer multa por desperdício de água em Araras, SP

A população deve pensar e agir visando o crescimento econômico e respeitando a capacidade dos recursos do meio ambiente, sobretudo a água. Veja abaixo algumas dicas importantes de uso racional da água.

– Feche bem as torneiras após o uso. Torneira aberta em 1 minuto gasta 3 litros de água.
– Feche a torneira enquanto escova os dentes ou faz a barba.
   Uma torneira gotejando gasta 46 litros de água/dia;
   um filete desperdiça de 180 a 750 litros/dia;
   e uma torneira jorrando gasta de 25 mil a 45 mil litros/dia.
– Desligue o chuveiro para se ensaboar e reabra para se enxaguar. 
   Evite banhos demorados. O chuveiro aberto em 15 minutos gasta 60 litros de água.

– Antes de lavar a louça, remova restos de comida dos pratos e das panelas,
   ensaboe e só abra a torneira para o enxagüe. 
– Evite lavar as calçadas com mangueira. Elas podem ser varridas.
– Molhe plantas e jardins ao entardecer ou amanhecer.
  Isso evita a evaporação rápida da água. E utilize regador em vez de mangueira.
– Evite que as crianças brinquem de tomar banho com mangueira.
– Fique atento aos vazamentos em pias, chuveiros e vasos sanitários.
– Conserte imediatamente os vazamentos e fugas d´água,
   trocando as partes danificadas das canalizações. Não faça remendos provisórios.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT