Veja quais empresas são conhecidas por abraçar causas sociais e ambientais

Conheça as principais empresas do mundo que abraçam causas sociais e realizam algum tipo de trabalho voluntário.

A pandemia causada pelo novo coronavírus gerou uma comoção mundial. Muitas pessoas perderam tudo: família, saúde e emprego. Assim como no resto do mundo, aqui no Brasil a situação também está muito complicada e vemos todos os dias notícias sobre os efeitos devastadores da doença, seja na área da saúde ou da economia. 

São em momentos como esse, de crise e falta de expectativas, que as pessoas se tornam mais solidárias, se preocupam mais com o outro e ajudam o máximo que podem. Por incrível que pareça, o aspecto de caridade se torna tão importante que influencia até na hora de escolher quais são as melhores empresas para investir.

clique na imagem e saiba mais

Por isso, não tem sido incomum ver propagandas de grandes companhias divulgando as suas ações sociais e quais medidas as mesmas estão tomando para proteger não só os seus colaboradores, mas também parte da sociedade que se encontra vulnerável no momento de pandemia.

Cielo

A Cielo é considerada uma das principais empresas de crédito do Brasil e todos os anos ela patrocina e incentiva diversos tipos de projetos sociais. Com o auxílio concedido pela empresa é possível que as instituições desenvolvam ações voltadas para o esporte, a saúde, a educação, a acessibilidade, o trabalho e a cultura.

Além de ajudar instituições sociais que já existem, a Cielo possui o seu próprio projeto social, como a Universidade Cielo. A Universidade funciona de maneira um pouco diferente da ideia tradicional de uma universidade e pode ser definido como um programa de compartilhamento de informações sobre empreendedorismo.

Durante o início da implementação e fase de adaptação da Universidade Cielo o programa era exclusivo para colaboradores, entretanto, o cenário mudou e agora é aberto para todos os interessados.

A Cielo conta ainda com um portal de voluntariado, no qual as pessoas interessadas em fazer o bem podem entrar em contato com projetos ou eventos sociais que estejam precisando de mais voluntários.

Bem como a Universidade Cielo a plataforma inicialmente havia sido projetada para funcionamento interno, na qual somente os funcionários teriam acesso. Entretanto, o projeto cresceu tanto que atualmente o público externo já pode usufruir da mesma e você já pode encontrar um projeto social que se identifique para ajudar.

Pampili

A Pampili é uma das gigantes de calçados infantis aqui no Brasil e possui uma parceria com a ONG Plan Internacional no movimento Ser Menina.

O projeto tem como principal objetivo o desenvolvimento e estudos plenos de meninas no mundo inteiro, evitando que elas passem por qualquer tipo de discriminação, violência ou impedimento durante seu processo de aprendizado.

Dentro da própria empresa, a Pampili também possui ações voltadas para os colaboradores e seus filhos, podendo se estender para a comunidade. Dois bons exemplos são o projeto Guardiões da Natureza, um evento realizado com o objetivo de plantar árvores nativas, e o projeto Passaporte, programa voltado para a educação emocional de jovens.

Faber-Castell

Desde o início da sua operação no Brasil na década de 1930 a Faber-Castell implementa projetos ecológicos no país. O resultado desse tipo de ação que remonta tantos anos atrás é o reconhecimento de ser uma das maiores empresas que conservam recursos naturais.

O grande compromisso que a empresa tem é com a sustentabilidade e, para demonstrar isso para o público, a Faber-Castell possui um aplicativo com informações e atividades divertidas. Através dele o usuário pode colecionar animais da floresta além de criar novas espécies, o objetivo principal é educar as crianças sobre os cuidados ambientais e divulgar a preocupação social da empresa.

Bosch

A empresa Bosch demonstra sua preocupação com causa sociais através do seu segmento próprio para lidar com o assunto, a Fundação Roberto Bosch. Através do programa, os funcionários da empresa podem realizar trabalho voluntário e a Bosch destina parte do dinheiro recebido em projetos.

Uma das ações mais importantes da Fundação é a Escola Formare, responsável por capacitar jovens para o mercado. Segundo a Fundação Roberto Bosch, a instituição foca em quatro áreas principais: projetos, sociedade, ambiente e colaboradores.

General Electric (GE)

A multinacional General Electric também é do time das empresas que possui seu próprio programa voltado para causas sociais, o GE Volunteers. Através dele, colaboradores de diversos países se reúnem para realizar atividades voluntárias e as ações costumam ocorrer em cidades onde a empresa possui uma fábrica ou escritório.

Aqui no Brasil, o programa ocorre em Salvador, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo, além de alguns outros municípios menores. São ações como de todas essas empresas que podem modificar totalmente como os consumidores e, principalmente, os investidores enxergam as mesmas.