Velório de influenciador terá revoada de pombos e cães terapeutas

PUBLICIDADE

Despedida está marcada para segunda-feira (6), em Balneário Camboriú (SC). Jesse Koz estava com o cão Shurastey, a caminho do Canadá, quando morreram em um acidente.

A cerimônia de despedida do influenciador brasileiro Jesse Koz, que morreu em um acidente de trânsito nos Estados Unidos, terá revoada de pombos e presença de cães terapeutas de diversas raças, segundo divulgou a assessoria da família. O velório está marcado para a manhã de segunda-feira (6), em Balneário Camboriú, onde o jovem morava antes de viajar as Américas.

As cinzas do cão Shurastey, que morreu junto com o tutor, serão enviadas ao Brasil em outro momento, em transporte feito por uma empresa especializada. A data não foi divulgada. A cerimônia vai acontecer no Crematório Vaticano e será aberta ao público, a partir das 11h. A previsão é de que o velório se estenda até as 18h, quando o corpo de Jesse será cremado.

Conforme a família, em atualização nas redes sociais oficiais do influenciador, o corpo de Jesse vai chegar ao Brasil no domingo (5). Na segunda, ele segue para Balneário Camboriú.

Cinzas de Shurastey

O corpo do golden retriever, que tinha seis anos, foi cremado em 26 de maio, segundo o amigo do influenciador Matheus Menezes. O procedimento foi pago com recursos de uma vaquinha online, que bateu a meta de R$ 120 mil em cerca de três horas.

O Crematório Vaticano fará uma cerimônia restrita à família para a entrega das cinzas dos dois em data a ser definida. “Infelizmente as cinzas do Shurastey não foram autorizadas a vir junto ao corpo do Jesse, fiquem tranquilos ele ainda vai vir mas vai demorar um pouco”, destacou a família.

PUBLICIDADE

Seguidores nas redes sociais passam de 1 milhão

A dupla era acompanhada por mais de 400 mil seguidores nas redes sociais e já havia passado por 17 países. O destino final da viagem era o Alasca. No Instagram, o perfil da iniciativa ultrapassou 1,5 milhão após a morte da dupla.

O brasileiro iniciou a trajetória em 2017. Junto de Dodongo, como o fusca foi apelidado, Koz percorreu 17 países. A viagem fazia parte do projeto “Shurastey or Shuraigow?”, uma adaptação inspirada na música “Should I Stay or Should I Go” (traduzido do inglês, Devo Ficar ou Devo Ir), da banda The Clash.

Como aconteceu o acidente

O casal Diego Strutz e Roana Petri Celeste acompanhava, em outro veículo, Koz e Shurastey no trecho final da jornada. De acordo com Roana, o influenciador não conseguiu frear a tempo quando um carro parou na rodovia para fazer uma conversão à esquerda. “Perdeu o controle do fusca e bateu de frente com o carro que vinha no outro lado”, descreveu ela.

A viagem da dupla fazia parte de um projeto chamado “Shurastey or Shuraigow?”, uma adaptação inspirada na música “Should I stay or should I go” (“Devo ficar ou devo ir?”), da banda The Clash.

 

PUBLICIDADE
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP