Vigia baleado pela PM após surtar e fazer disparos descontrolados segue internado sob escolta

Anúncio
Clique na imagem. Link direto para Whatsapp


Raio X mostra ferimentos no ombro do vigia e estilhaços de bala no corpo. Homem passou por cirurgia no Hospital de Base de Bauru (SP).

O vigia de um frigorífico que foi baleado duas vezes por policiais militares na madrugada de domingo (6) após surtar e fazer disparos descontrolados permanece internado no Hospital de Base, em Bauru (SP). O homem de 35 anos passou por cirurgia e está internado sob escolta policial.

OS exames de Raio X, mostram o ferimento em um dos ombros e estilhaços no corpo. O vigia também foi atingido na perna. O hospital informou que não pode passar detalhes do estado de saúde do paciente por ele estar sob escolta policial.

O vigia foi baleado após atirar contra os policiais que foram atender a ocorrência. De acordo com informações da polícia, durante a madrugada, o vigia disse que começou a ver carros e pessoas invadindo o frigorífico e começou a atirar.

A Polícia Militar foi chamada e, quando fez o cerco, o homem pegou a arma do colega e começou a atirar ainda mais. Durante a ocorrência, o vigia ainda pegou um funcionário que tinha saído para ir ao banheiro como refém. Ele fez a vítima ficar pelada e colocou a arma na cabeça dela, informou a polícia.

O vigia atirou de novo e começou a disparar na direção dos policiais, que revidaram e atingiram o homem duas vezes com um tiro na perna e outro no braço.

Ainda de acordo com a polícia, ele trabalha no local há oito anos e nunca tinha surtado. A ocorrência foi apresentada no plantão da polícia civil. Duas armas foram apreendidas pelos policiais.