Vigilância interdita depósito clandestino de carnes em Campinas, SP

Ao todo foram encontradas 12 caixas que somam 460 quilos de carne em mau armazenamento.

A Vigilância Sanitária, junto com a Polícia Civil, interditou um depósito de carnes clandestinas no começo da tarde desta quarta-feira (31), no bairro Parque Montreal, em Campinas (SP). O dono do local foi detido por comercialização irregular de carne.

Segundo a Prefeitura Municipal, o local, no Parque Montreal, funcionava no fundo de uma casa, e fazia a fabricação irregular de carne seca. Ao todo foram encontradas 12 caixas que somam 460 quilos de carne em mau armazenamento.

Ainda na mesma rua, a equipe inspecionou um supermercado onde eram comercializados produtos de origem animal (carne bovina, frango, pescado e outros derivados como linguiça e kafta), sem padrões de qualidade, identidade e segurança. Os produtos estavam expostos à venda em embalagens sem qualquer rotulagem com as informações obrigatórias de acordo com a legislação vigente (nome do produto, data de fabricação e validade).
 
O estabelecimento recebeu duas autuações, sendo uma por não atender as boas práticas de estabelecimentos de alimentação e a outra por descumprir as medidas sanitárias de prevenção à Covid-19. Os produtos irregulares, totalizando 170 quilos, foram interditados para a destinação final pelos responsáveis do estabelecimento. 

A ação foi feita em parceria com a Coordenadoria de Defesa Agropecuária do Estado de São Paulo pelo SISP (Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal). Os materiais foram recolhidos pelo órgão que autuou o proprietário por comercialização irregular de carne. Também foi feito um boletim de ocorrência. (Com informações ACidadeON Campinas)

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT