Vigilância recolhe mais de 500 kg de alimentos em pizzaria de Rio Claro, SP

Fiscalização encontrou produtos sem rótulos e impróprios para consumo

Vigilância Sanitária e o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) de Rio Claro (SP) recolheram mais de 500 kg de alimentos em uma pizzaria, na Vila Operária.

Em inspeção de rotina, os fiscais encontraram produtos sem rótulo, contrariando as normas sanitárias. Foram apreendidos 368 quilos de muçarela, 129 quilos de requeijão em bisnagas e 18 quilos de frango desfiado impróprios para consumo.

clique na imagem e saiba mais

Questionado sobre a falta de rótulos, o dono da pizzaria relatou aos fiscais que o fornecedor de laticínios, que é de Brotas (SP), entregou os rótulos e a nota fiscal junto com os produtos, mas que não tinha tido tempo de colar os rótulos e pediu que o dono da pizzaria o fizesse, o que contraria a legislação.

Perguntado sobre o porquê disso, o dono disse que o fornecedor alegou que os produtos estavam ainda quentes e ele estava correndo muito com o trabalho, sem tempo par etiquetar os rótulos.

Sobre o frango desfiado, a Vigilância informou que já apresentava mau cheiro e coloração estranha. Os produtos foram descartados no aterro da cidade.

A fiscalização informou ainda que o fornecedor comparecerá nesta sexta-feira (14) à Vigilância para ajudar na finalização do laudo. Segundo a entidade, é obrigação do fornecedor sair já com todos os produtos rotulados. O G1 procurou a empresa fornecedora, mas ninguém foi encontrado para comentar o caso.

Fiscalização

“Alimentos como esses, produzidos na ausência do consumidor, devem ser previamente embalados e atender as especificações da rotulagem”, explicou Agnaldo Pedro da Silva, gerente da Vigilância Sanitária de Rio Claro.

De acordo com o diretor do SIM, Felipe Tauk, o órgão encaminhará relatório sobre a irregularidade ao Serviço de Inspeção de São Paulo (Sisp). “É o órgão fiscalizador da empresa que produziu os laticínios e enviou os produtos de forma irregular à pizzaria”, explicou.