‘Ataque de fúria’, diz técnico do Lemense que foi alvo de tiros de policial rodoviário

Amadeu Gabriel Júnior publicou nota sobre ataque nas suas redes sociais. Ele não se feriu, mas sua casa foi atingida.

Amadeu Gabriel Júnior, técnico do time de futebol Lemense que sofreu uma tentativa de homicídio na tarde de quinta-feira (14), em Leme (SP), disse que houve um ataque de fúria por parte do policial rodoviário que disparou pelo menos cinco vezes contra ele.

O crime aconteceu na tarde de quinta-feira (14). Nesta sexta (15), a assessoria do treinador divulgou uma nota de esclarecimento nas redes sociais.

“Amadeu foi vítima de um ataque de fúria que poderia ter custado sua vida e de sua mãe que se encontrava em sua residência no momento do ato. Todos se encontram fora de perigo”, diz o texto.

O comunicado afirma ainda que o técnico não possui qualquer vínculo com o suspeito do crime ou com pessoas próximas a ele (veja abaixo a nota completa).

O nome do policial rodoviário não foi divulgado pela polícia, por isso o site Repórter Beto Ribeiro não conseguiu fazer contato com sua defesa.

Entenda o que aconteceu

Os disparos de arma de fogo aconteceram no Jardim Amália. De acordo com a polícia, o treinador de 41 anos estava em casa quando o policial rodoviário, que tem 26 anos, chegou em uma moto preta, parou em frente à residência e o chamou pelo nome.

Amadeu disse à polícia que ouviu o chamado e se aproximou do portão. Ele afirmou que suspeito teria dito algo que não foi possível entender e, em seguida, efetuou os disparos.

O técnico conseguiu entrar na casa e não foi ferido, mas as balas atingiram o portão, o carro dele e uma janela do imóvel.

A Polícia Militar foi acionada e informada pelo treinador sobre as características do suspeito, que foi encontrado, detido e encaminhado ao presídio militar Romão Gomes, em São Paulo.

A Polícia Civil investiga as motivações do crime.

Veja a nota completa do treinador

“A assessoria do sr. Amadeu Jr. vem a público esclarecer os fatos na tarde do dia 14 de setembro.

Amadeu foi vítima de um ataque de fúria que poderia ter custado sua vida e de sua mãe que se encontrava em sua residência no momento do ato. Todos se encontram fora de perigo. Vale ressaltar que Amadeu não possui nenhum vínculo com o autor do ataque ou com pessoas correlatas.

O cidadão que atentou contra a vida de Amadeu está detido e o processo corre em segredo de Justiça. Repudia-se a fomentação de boatos que correm as redes sociais que configuram como fake news envolvendo o nome de Amadeu, ainda sim ele manifesta gratidão ao apoio de seus familiares, amigos e fãs de seu trabalho.”

Artigos Relacionados

Imagem da Muralha Digital mostra homem descendo de carro para furtar placa de bronze da Fonte Luminosa na Praça Barão de Araras, SP

Em uma das imagens registradas mostra um homem trajando boné, jaqueta vermelha e bermuda descendo...

MURALHA DIGITAL: Homem é flagrado furtando placa de bronze da Fonte Luminosa na Praça Barão de Araras, SP

Em uma das imagens registradas mostra um homem trajando boné, jaqueta vermelha e bermuda descendo...

Homem é preso por espiar mulher em banheiro de igreja

Caso aconteceu no Santuário de Nossa Senhora Aparecida, em Divinópolis, no Centro-Oeste do estado, na...

Últimas Notícias