#EXCLUSIVO: Empresário de 49 anos é morto a facadas durante a madrugada no Centro de Araras, SP

De acordo com a Polícia Civil, crime foi praticado por intolerância religiosa e por conta da orientação sexual da vítima. Lucas Nery de Souza foi autuado por homicídio qualificado.

Na madrugada desta quarta-feira (15), os policiais militares cabo Stephani e cabo Mazetto, estavam em patrulhamento preventivo em Araras (SP), e ao passarem em frente à Central de Polícia Judiciária se depararam com um homem que estava no portão.

Ele chamou a equipe e confessou que havia acabado de matar uma pessoa a facadas levando os policiais até o local do crime, na rua Julio Mesquita, Nº 197, centro da cidade, onde os militares encontraram o corpo do empresário Paulo Vinícius Butafava (Xerxes), na calçada na entrada da residência.

Diante dos fatos, Lucas Nery de Souza, de 36 anos, recebeu voz de prisão em flagrante, sendo apresentado no plantão policial, juntamente com a faca usada para cometer o assassinato. No mês de outubro, ele já havia sido preso pela Guarda Civil Municipal por tentativa de furto no Delta Supermercados.

Estavam bebendo no Lago Municipal

De acordo com apuração feita pelo nossa reportagem, a vítima, o autor do crime e uma terceira pessoa estavam no Lago Municipal fazendo o uso de bebida alcoólica, quando resolveram ir para a casa de Butafava.

Pouco tempo depois, a amiga deles foi embora e o assassino alegou que queria ir junto, mas que a vítima ficou brava e não queria deixar ele sair. Após isso, houve uma discussão entre os dois e, segundo o suspeito, a vítima, que estava tentando investir amorosamente nele, pegou uma faca e teria dito que faria uma macumba para ele, além de ter desferido um soco em sua cabeça. Nery, então, pegou a faca e esfaqueou a vítima.

A ação contou com apoio dos policiais militares sargento Elias, cabo Doimo, soldado Moreli e soldado Müller. Paulo é bastante conhecido no mundo da moda, por trabalhar em eventos e comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios.

A motivação do crime será investigada

Ele foi ouvido pelo delegado Luis Henrique Lima Pereira, e permaneceu à disposição da Justiça pelo crime de homicídio. A motivação do crime será investigada pelo setor de inteligência da Polícia Civil.

“O autor disse que não o conhecia e foi convidado para ir até o imóvel. Chegando lá o empresário não deixava ele sair, como a vítima disse que faria alguns trabalhos de macumba, ele disse que ficou nervoso e como a vítima queria investir amorosamente contra ele, o autor do crime pegou a faca que a vítima havia deixado enfiada em um vaso e desferiu várias facadas”, disse Dr. Luis Henrique ao site Repórter Beto Ribeiro

“Por conta dessa motivação (contra a religião e opção sexual da vitima) autuei em flagrante por homicídio qualificado (motivo torpe). Eu fiz o pedido de exame toxicológico, necroscópico e sexológico, pra verificar se teve algum tipo de ato sexual ou não.”, afirmou o delegado.

É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização do autor. #DigaNãoAFakeNews

Artigos Relacionados

Honda/XRE-300 é roubada por criminosos na Rodovia Wilson Finardi em Araras, SP

A informação foi confirmada ao site Repórter Beto Ribeiro na tarde desta quarta-feira (24).Uma moto...

Jeep/Compass Limited é furtado no Parque Industrial em Araras, SP

A informação foi confirmada ao site Repórter Beto Ribeiro na tarde desta quarta-feira (24).Um Jeep/Compass...

Guarda Civil Municipal realiza flagrante de tráfico de drogas durante patrulhamento em Araras, SP

Feita a abordagem, durante revista pessoal foi encontrada a quantia de R$ 50,00 dentro de...

Últimas Notícias