Líder espiritual é indiciado por abusos contra 16 mulheres

Relatório final da polícia foi encaminhado à Justiça e deve ser analisado pelo Ministério Público. Jessey, preso desde 15 de janeiro, nega as acusações.

A Polícia Civil de Socorro (SP), no interior de SP, indiciou o líder espiritual Jessey Maldonado Monteiro, de 49 anos, pelos crimes de violação sexual mediante fraude, estupro, curandeirismo e exercício ilegal da medicina. A defesa dele nega as acusações e diz que vai aguardar a manifestação do Ministério Público.

Segundo a polícia, 16 mulheres disseram, em depoimento formal, que foram abusadas durante massagens, terapias e atendimentos de Jessey. O investigado atuava há mais de 20 anos na área da saúde e, até ser preso no dia 15 de janeiro deste ano, chefiava o setor de radiologia da Santa Casa de Socorro.

O relatório final do inquérito sobre o caso foi encaminhado nesta quarta-feira (24) à Justiça de Socorro. Segundo a delegada responsável pela investigação, Leise Silva Neves, caso apareçam novas vítimas, um novo inquérito será aberto.

Artigos Relacionados

01/03/24 Plantão Policial – Confira as Principais Notícias

O Café Júnior – Um primor de café desde 1945, traz as principais notícias policiais...

Homem é morto a tiros com bebê no colo; motivação seria ciúme de uma curtida no Instagram

À Polícia Civil, a namorada da vítima afirmou que o companheiro estava sofrendo ameaças do atual...

Mulher tem 27% do corpo queimado por óleo quente após companheiro chutar panela durante discussão

O companheiro dela, de 41 anos, foi preso pela Polícia Militar.Uma mulher de 45 anos...

Últimas Notícias