Motociclista morto por linha de pipa com cerol era motoboy e tinha comprado moto havia dois meses

Namorada estava na garupa e sofreu ferimentos leves.

O motociclista Patrick Pereira do Nascimento, de 19 anos e que morreu na segunda-feira (25) ao ser atingido por uma linha de pipa com cerol na Zona Norte de São Paulo, era motoboy e comprou a moto há dois meses atrás, segundo informou a namorada dele, também de 19 anos, à polícia.

Conforme boletim de ocorrência, a jovem contou que ela e Patrick resolveram dar uma volta de moto pelo bairro Brasilândia. Contudo, quando os dois passaram pela Avenida Inajar de Souza uma linha com cerol atingiu o pescoço de Patrick.

A namorada relatou que o jovem, após ser atingido, soltou uma das mãos do guidão da moto e a outra colocou no pescoço, que sangrava sem parar. Os dois, então, caíram no chão.

Moradores que viram o momento do acidente chegaram a dar um pano para estancar o sangue de Patrick, mas não foi o suficiente e ele não resistiu aos ferimentos. No boletim de ocorrência ainda consta que a jovem, ao saber da morte do namorado, entrou em estado de choque.

Patrick era habilitado e o documento da moto estava regular. Peritos do Instituto de Criminalística estiveram na área e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O caso foi registrado no 72º DP como homicídio doloso consumado. O responsável pela linha de pipa com cerol não foi identificado e nenhum suspeito foi preso.

Artigos Relacionados

Corpo de Bombeiros de SP encerra missão no RS com mais de 1,3 mil resgates

Corporação enviou ao todo 265 agentes durante os 78 dias de trabalho nos municípios gaúchos...

Assaltante de posto de combustíveis é preso pela Polícia Militar durante a madrugada em Araras, SP

Através de informações de populares que indicavam a direção que a motocicleta havia tomado, a...

ROMU realiza flagrante de tráfico de drogas durante a madrugada em Araras, SP

Com Bruno foram encontrados pinos de cocaínas e pedras de crack, ao verificar a sacola...

Últimas Notícias